30.4 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 22 setembro, 2021
InícioMATO GROSSOLUCAS DO RIO VERDEProposta para construção de ferrovia de Rondonópolis até Lucas do Rio Verde...

Proposta para construção de ferrovia de Rondonópolis até Lucas do Rio Verde é homologada

Assinatura do contrato da extensão da Ferronorte deve acontecer nos próximos dias em Lucas do Rio Verde
Por Redação CenárioMT com Assessoria

Uma semana após a abertura do envelope, o Governo de Mato Grosso aprovou a proposta apresentada pela Rumo Logística S/A para a construção da primeira ferrovia estadual, a extensão da Ferronorte, partindo de Rondonópolis até Lucas do Rio Verde. A homologação dos documentos foi publicada na edição extra do Diário Oficial do Estado que circulou nesta sexta-feira (10).

Segundo a proposta da empresa, serão investidos R$ 11,2 bilhões para a implantação da ferrovia estadual que terá 730 km de extensão, com início da obra já em 2022.

O cronograma da Rumo aponta que o primeiro trecho, de Rondonópolis até Cuiabá, deve entrar em operação em 2025. Já o segundo trecho, de Cuiabá até Lucas do Rio Verde, passando por Nova Mutum, deve entrar em operação em 2028.

“É mais um passo muito importante para a habilitação, ou seja, para o projeto de extensão da ferrovia de Rondonópolis até Lucas do Rio Verde. A primeira fase foi o chamamento público, numa atitude corajosa do governador do Estado em trazer para si a responsabilidade de autorização desse projeto. Vencida essa fase, passamos agora para a etapa final, que é a assinatura do contrato”, disse o prefeito de Lucas do Rio Verde, Miguel Vaz.

O governador do Estado, Mauro Mendes, deve confirmar até amanhã, terça-feira (14), a vinda ao município na próxima quinta (16), junto de comitiva, para assinar o contrato com a empresa habilitada para a construção da ferrovia estadual.

Marco Legal

A extensão da Ferronorte faz parte do novo Marco Legal das Ferrovias, previsto na Medida Provisória nº 1.065/2021 assinada pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, no dia 30 de agosto. O programa cria condições para aumentar os investimentos privados no setor ferroviário, além de reduzir a burocracia para a construção de novas ferrovias e inovar no aproveitamento de trechos ociosos e na prestação do serviço de transporte ferroviário.

Entre as mudanças previstas no texto está a permissão da construção de novas ferrovias por autorização, à semelhança do que já ocorre na exploração de infraestrutura em setores como telecomunicações, energia elétrica, portuário e aeroportuário.

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Redes sociais

107,337FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,036SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

PROCURA-SE
Adolescente residente em Lucas do Rio Verde segue desaparecida: menor que ‘foi localizada’ também havia saído de casa
setembro 22, 2021
FIQUE ATENTO
Prova pra seleção de conciliador da Justiça de Lucas do Rio Verde será no domingo (26)
setembro 22, 2021
Mato Grosso
“1ª Ferrovia Estadual será da indústria, do comércio e de todo mato-grossense”, destaca Carlos Fávaro
setembro 21, 2021
Mato Grosso
"Vai ter mais serviço, mais renda, tudo vai se encaixar aqui", afirma morador de Lucas do Rio Verde com a 1ª Ferrovia Estadual
setembro 21, 2021