Estudantes de nove escolas da rede municipal de ensino foram homenageados na noite desta quarta-feira, 04, pelo desempenho na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – Obmep Nível A, na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) e na Mostra Brasileira de Foguetes (Mobfog). Autoridades, pais e familiares, gestores e professores lotaram o Auditório dos Pioneiros, no Paço Municipal para acompanhar a cerimônia de premiação.

As três competições mobilizam milhares de escolas de todo o território nacional e visam contribuir para a melhoria da qualidade da educação ao estimular o raciocínio lógico, a criatividade e a compreensão dos fenômenos naturais, incentivar o aperfeiçoamento dos professores, identificar novos talentos e promover a inclusão social dos alunos.

Criada em 2005 e considerada a maior competição científica nacional, a 15ª edição da Obmep teve a participação de mais de 18 milhões de alunos de 54,8 mil escolas inscritas, totalizando 99,71% dos municípios brasileiros. Originalmente voltada para estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental a 3ª série do ensino médio, a partir de 2018 passou a incluir os alunos de 4º e 5º anos, a Obmep Nível A.

Mais de cem medalhas foram entregues para os estudantes que obtiveram as melhores notas nas escolas Caminho para o Futuro, Eça de Queirós, Érico Veríssimo, Fredolino Vieira Barros, Cecília Meireles, Menino Deus, Olavo Bilac, São Cristóvão e Vinicius de Moraes. Na sequência, foram homenageados os 31 alunos com melhor desempenho em toda a rede municipal.

Ao todo, 22 medalhas de bronze, prata e ouro foram distribuídas durante a premiação da OBA, dividida em Níveis I, para alunos do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental, e II, para alunos do 4º e 5º do Ensino Fundamental, das escolas Olavo Bilac, Fredolino Vieira Barros e Eça de Queirós.

“Hoje é um dia muito feliz para a educação de Lucas do Rio Verde porque nós conquistamos o campus avançado da Unemat e estamos aqui agora à noite celebrando e homenageando com medalhas os nossos estudantes que se destacaram na Obmep e na OBA. Isso tudo é um orgulho para nós e queremos reconhecer e agradecer o empenho das crianças, dos profissionais da educação e das famílias que nos oportunizaram entregar esse resultado hoje para a sociedade”, frisou a secretária municipal de Educação, Cleusa Marchezan De Marco.

O prefeito Luiz Binotti destacou o ineditismo do modelo de campus avançado que será instalado em Lucas do Rio Verde e o quanto esta conquista beneficiará principalmente as famílias de menor poder aquisitivo para que seus filhos tenham condições de dar continuidade aos estudos em uma conceituada universidade pública e gratuita. “Futuramente, estes alunos que serão premiados nesta noite e que já fazem parte da rede de ensino público e nos dão tanto orgulho, poderão realizar seus sonhos aqui mesmo e isso não tem preço”, ressaltou.

A cerimônia de homenagens teve ainda a premiação dos alunos da Escola Eça de Queirós que participaram da competição experimental de lançamento de foguetes, que faz parte da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. Três deles, Thiago Augusto Pletsch, Gabriel Henrique Sávio Cardoso e Eder Vinicius Andrade dos Santos, do 9º ano, foram selecionados para participar da Jornada de Foguetes, organizada pela 13ª Mostra Brasileira de Foguetes (Mobfog) e pela OBA. O evento será realizado de 9 a 12 de dezembro, na cidade de Barra do Piraí, no Rio de Janeiro. Outros dois, Guilherme Simon Nunes e Pedro de Souza Bauer, do 5º ano, receberam, respectivamente, medalhas de prata e ouro pela participação na prova.

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (11/08/2020)


Amazonia 03 de Junho