30.2 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 16 setembro, 2021
InícioMATO GROSSOLUCAS DO RIO VERDEPrefeitura de Lucas do Rio Verde apresenta novo Contrato de Gestão com...

Prefeitura de Lucas do Rio Verde apresenta novo Contrato de Gestão com o Hospital São Lucas

Com a atualização do contrato, 312 novos procedimentos são incluídos e passarão a ser ofertados aos luverdenses
Por Redação CenárioMT com Assessoria

Lucas do Rio Verde segue investindo na Saúde, um dos pilares da atual gestão municipal. Com a assinatura do novo Contrato de Gestão nº 108/2021, firmado entre o Município e a Fundação Luverdense de Saúde, mantenedora do Hospital São Lucas, a partir de 1º de setembro, Lucas do Rio Verde passará a ofertar 312 novos serviços, dentre eles urgência, emergência e procedimentos eletivos, como exames complementares e de diagnóstico.

Entre os procedimentos estão incluídas cirurgias de pele, do sistema nervoso central e periférico, coluna vertebral, vasculares, vias aéreas e da face, do aparelho digestivo, vias biliares e parede abdominal, intestino e canal anal, do sistema osteo muscular, cintura pélvica e membros inferiores, biópsia ginecológica e manutenção de cirurgias ginecológicas e obstétricas.

Para os serviços eletivos, aqueles que são agendados e programados, o fluxo de atendimento tem origem na Atenção Básica. Ou seja, o paciente deve procurar o PSF mais próximo de sua residência e passar por avaliação médica. Havendo necessidade, será encaminhado pela Central de Regulação ao profissional especialista, conforme disponibilidade de vagas do serviço.

Já os atendimentos de urgência e emergência chegam, durante o dia, por meio do Corpo de Bombeiros, Rota do Oeste ou encaminhados pelas unidades de saúde. Enquanto da meia noite às 6h da manhã, o atendimento é direto no Hospital São Lucas.

Hospital São Lucas
Paciente estava internado na UTI do Hospital São Lucas
(Foto: CenarioMT)

A secretária de Saúde, Dra. Fernanda Heldt Ventura, explica sobre a inclusão de especialidades nunca antes ofertadas ao cidadão luverdense no município, sem a necessidade de deslocamento até a capital do Estado. “A concretização desse novo formato do Contrato de Gestão vem após muito estudo, empenho por parte da equipe e, especialmente, identificação das demandas da população e dos serviços que antes nós não tínhamos prestadores. Agora temos profissionais de fora apostando no município, com serviços que não tem na região, então é algo bastante inovador”, afirma a médica.

Nesse formato, o Contrato de Gestão propõe 18 metas qualitativas, que devem ser atendidas pelo Hospital São Lucas, a fim de assegurar o melhor atendimento aos luverdenses. Dentre elas estão: serviço de atendimento humanizado ao parto, preenchimento adequado de prontuário, satisfação do usuário SUS no setor de pronto atendimento e internação, tempo de espera e avaliação médica especializada nos pacientes em atendimento na urgência e emergência, educação continuada de toda equipe de assistência realizada, criação e funcionamento do NIR (Núcleo Interno de Regulação), entre outras.

O prefeito Miguel Vaz ressalta a importância da inclusão de novos serviços para atender com eficiência e dignidade o cidadão luverdense. “O Hospital é um prestador de serviços para o Município e, à medida que crescemos, houve aumento nas demandas de especialidades também. As metas qualitativas, que avaliam a qualidade do serviço prestado, são uma forma de contribuirmos para que o Hospital eleve o nível de qualidade no atendimento e isso é muito importante porque você vai minimizando os problemas. Todo mundo quer um atendimento de alta qualidade, humanizado e é isso que buscamos”, destaca o gestor.

Para avaliar as metas mensais, além da Auditoria da Prefeitura de Lucas do Rio Verde (composta por médico auditor, técnico de enfermagem e administrativo), uma equipe compõe a comissão especial para análise de prestação de contas do Contrato de Gestão. Fazem parte um médico avaliador, médico regulador, assistente social, enfermeiro, técnico de enfermagem e membros do Conselho Municipal de Saúde. A Comissão foi nomeada pela Portaria nº 116, de 05 de maio de 2021.

Com a inclusão dos novos serviços, o atual contrato pagará à prestadora de serviços, no máximo, R$ 2.100.000,00 mensais, mediante avaliação criteriosa de produção e validação dos serviços ofertados mensalmente. Para que o repasse seja realizado, serão utilizados recursos municipais, federais, fomento das Autorizações de Internações Hospitalares (AIHs) e valor instituído baseado nas metas qualitativas dos serviços prestados.

O pagamento será feito mediante aprovação do relatório mensal, emitido pela Comissão, após análise diária da qualidade dos serviços executados. A vigência do Contrato passa a ser do primeiro dia de setembro, válido pelos próximos doze meses, podendo ser prorrogado por outros 48 meses.

Diretor executivo de Governo, Aluízio Bassani destaca a parceria firmada visando a oferta e prestação de serviços aos cidadãos. “Esse Contrato foi formatado pela Secretaria de Saúde, mas também houve uma grande parceria com o Hospital São Lucas. Sem a anuência do Hospital, sem a vontade da diretoria de fazer um serviço cada vez melhor, não teria como colocar um contrato desse porte em execução. É um documento feito a muitas mãos porque a gente sabe que tem muita coisa para melhorar para o nosso cidadão luverdense”, afirma Bassani.

O documento foi apresentado e oficializado na tarde desta terça-feira (31), no Auditório dos Pioneiros, no Paço Municipal, com a assinatura do prefeito Miguel Vaz, Ivanilde Rigo, diretora executiva da Fundação Luverdense de Saúde, e teve como testemunhas, Fernanda Heldt Ventura, secretária de Saúde, Daltro Figur, presidente da Câmara de Vereadores, e Nayara Souza Benedetti, fiscal de contrato.

Na oportunidade também estiveram presentes os vereadores Gilson Firmino, Sandra Barzotto e Ideiva Foletto, além do diretor executivo, Aluízio Bassani, secretário de Infraestrutura e Obras, Alexandre Orbolato, de Administração, Alan Togni e representantes do Conselho Municipal de Saúde, Sindicato dos Servidores Públicos e da Comissão de Gestão e Avaliação da secretaria de Saúde.

Novos procedimentos:

•    Neurocirurgia: Atendimentos de urgência, emergência e procedimentos agendados. Inclusão de sete novos profissionais neurocirurgiões com atendimento 24 horas no Hospital São Lucas.
•    Ortopedia pediátrica: Serviço nunca antes ofertado em Lucas do Rio Verde, atenderá procedimentos agendados pela Central de Regulação.
•    Cirurgia bariátrica: Serviço inaugural, exclusivo aos munícipes de Lucas do Rio Verde. Procedimento de alta complexidade que, no momento, não é ofertado pelo Estado de Mato Grosso no Sistema Único de Saúde (SUS).
•    Odontologia para pacientes com necessidades especiais: O mesmo serviço de odontologia da Atenção Básica passará a ser ofertado em Lucas do Rio Verde para munícipes com necessidades especiais. Atendimento exclusivo de serviços eletivos.
•    Cirurgia vascular: Acréscimo de sete novos procedimentos, além da manutenção da cirurgia de varizes, já ofertado previamente.
•    Cirurgia plástica reparadora: Para casos de pacientes com traumas, acidentes, lesões, queimaduras, em situações de extrema gravidade.
•    Coloproctologia: São 22 novos procedimentos cirúrgicos de intestino e canal anal, antes não ofertados pelo SUS na região Teles Pires.
•    Ortopedia: Além dos serviços já ofertados, agora será atendida a demanda de alta complexidade.
•    Cirurgia Buco-Maxilo-Facial: Serão 29 tipos de procedimentos nunca antes ofertados no município pela rede pública de Saúde. As cirurgias serão realizadas em pacientes com situações de traumas e lesões.
•    Nefrologia: Tratamento de hemodiálise para pacientes internados.
•    Urologia: Inclusão de procedimentos minimamente invasivos, como cirurgia a laser de cálculos renais, facilitando a rápida recuperação do paciente.

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Redes sociais

107,321FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,035SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

apresentação de contas
Campanha da Expolucas arrecada R$ 32 mil para Apae e famílias de vítimas da Covid-19
setembro 16, 2021
ferrovia estadual de MT
Prefeito de Lucas do Rio Verde destaca agilidade do Governo para construção da 1ª ferrovia estadual de MT
setembro 16, 2021
Lucas do Rio Verde
Saúde imuniza 1.500 jovens de 20 anos ou mais contra a Covid-19 em Lucas do Rio Verde
setembro 16, 2021
Lucas do Rio Verde
Jovens de 12 a 17 anos com comorbidades devem fazer o pré-cadastro para vacinação em Lucas do Rio Verde
setembro 16, 2021