31.8 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 24 julho, 2021
InícioCENÁRIO AGROMiguel Vaz participa de chamamento público aberto pelo Estado para construção de...

Miguel Vaz participa de chamamento público aberto pelo Estado para construção de ferrovia

Novo modal deve chegar em Lucas do Rio Verde, onde haverá um entroncamento ferroviário
Por Redação CenárioMT com Assessoria

O Governo de Mato Grosso realizou o chamamento público aberto para construção de uma das três ferrovias a serem implantadas no Estado. A audiência foi realizada no Palácio Paiaguás, na tarde desta segunda-feira (19) e foi transmitida nas redes sociais do Governo. O chamamento tem como objetivo definir as maneiras de executar o projeto.

Além do prefeito Miguel Vaz e o diretor executivo de Governo, Aluízio Bassani, o chamamento contou com a presença do governador, Mauro Mendes, o vice-governador Otaviano Pivetta, senador Carlos Fávaro e o deputado federal Neri Geller e outras autoridades e representantes de entidades do setor produtivo do estado.

O evento tratou do edital para construção da Ferrovia Senador Vicente Vuolo, também chamada Ferronorte, ligando Rondonópolis a capital, Cuiabá, passando por Nova Mutum e chegando a Lucas do Rio Verde, onde a ferrovia deve de se conectar com a malha ferroviária nacional, formando o entroncamento ferroviário.

A ferrovia estadual é uma obra pioneira e histórica. “Isso vai trazer além da geração de empregos diretos, muita agregação de valor e outras diversas oportunidades. É um grande passo e, agora cabe a nós, prefeitos, prepararmos os municípios para receber tais investimentos”, apontou Miguel Vaz, ao parabenizar o governador Mauro Mendes.

Carlos Fávaro enalteceu a importância da construção da ferrovia estadual. “Toda essa integração rodoferroviária será extremamente importante para o Mato Grosso, pois nós temos muita área ainda para crescer. Mato Grosso vai ser um exemplo de desenvolvimento para todo o país”, destacou o senador.

O chamamento faz parte da tramitação legal para a realização da obra. É nele onde constam todos os critérios de execução dos trabalhos.

“Não tenho dúvida nenhuma que será algo extremamente importante para o presente futuro do nosso estado. Essa vai ser a ferrovia da indústria, porque esse modal é muito importante para a saída dos grãos. É um modal que conecta a indústria de Mato Grosso com os grandes centros consumidores do estado”, disse Mauro Mendes.

“Fazer uma ferrovia estadual vai ser um marco para a história. Muitos estados vão seguir o nosso exemplo”, disse Neri Geller.

O entroncamento 

Além da Ferronorte, outras duas ferrovias devem compor o entroncamento ferroviário em Lucas do Rio Verde.

A Ferrogrão partirá do município luverdense, passa por Sorriso e Sinop, com destino ao Porto de Meritituba (PA), no Rio Tapajós.

A Ferrovia de Integração Centro-Oeste, conhecida como Fico, ligará a cidade de Mara Rosa (GO) ao município de Água Boa (MT), chegando a Lucas do Rio Verde.

Governador lança edital para construção da 1ª ferrovia estadual que vai ligar Rondonópolis a Cuiabá, passando por Mutum e Lucas

 

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Gosta de economia, assistir séries, filmes de ação e gosta de videogames. Editor no CenárioMT nos cadernos de Economia e Mundo, mas nem por isso deixa uma notícia regional em branco, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.
- Publicidade -

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde: desrespeito às interdições pode comprometer qualidade de asfalto
julho 24, 2021
Mato Grosso
Construção da ferrovia que vai ligar Rondonópolis a Cuiabá e Rondonópolis a Nova Mutum e Lucas do Rio Verde é destaque nacional
julho 24, 2021