30.4 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 24 julho, 2021
InícioMATO GROSSOLUCAS DO RIO VERDEMais de 80 doses de vacina AstraZeneca desaparecem de PSF em Lucas...

Mais de 80 doses de vacina AstraZeneca desaparecem de PSF em Lucas do Rio Verde

Imunizantes estavam no PSF do bairro Rio Verde de onde foram levados na tarde desta terça-feira (22)
Por CenárioMT

Servidores lotados no PSF do bairro Rio Verde, em Lucas do Rio Verde, constataram na tarde desta terça-feira (22) o sumiço de 84 doses de vacina AstraZeneca. As doses do imunizante estavam armazenadas na unidade.

De acordo com a Secretaria de Saúde do município, não é hábito deixar as vacinas contra a Covid-19 nas unidades de saúde. Especificamente no PSF do bairro Rio Verde acontecem os agendamentos de pacientes com comorbidades para serem vacinados. E haviam sido agendados mais de 200 atendimentos para esta terça-feira e quarta-feira.

“E esse quantitativo (200 doses) foi entregue ontem no fim do dia para a equipe do PSF Rio Verde pra guarda, numa sala que fica fechada com chave. Foi conferida, essas embalagens vêm num invólucro de alumínio fechado, então esse invólucro tem que ser rompido pra tirar os frascos de dentro”, explicou a secretária de Saúde, Fernanda Ventura, em entrevista à Rádio Regional.

A secretária assinalou que vacinação nesta terça-feira (22) ocorreu normalmente. Na verificação no período da tarde, constatou-se que 17 frascos estavam vazios. Cada frasco armazena 5 doses.

“Fui acionada por volta de 17 horas e já acionei a nossa Procuradoria e fomos até o local e já acionamos a Polícia pra registrar isso a fim de que as medidas sejam tomadas. A gente tem o maior cuidado, maior zelo com essas doses, é tudo controlado. E também pra gente entender o que pode ter acontecido. Mesmo com boletim de ocorrência, como é um órgão público, vamos instaurar um processo dentro da Prefeitura pra investigar”, anunciou a secretária.

A empresa de vigilância foi acionada. A ideia é obter elementos para identificar quem retirou o material do local.

Fernanda Ventura alerta que depois de abertas, as doses devem ser utilizadas em no máximo 6 horas, perdendo a eficácia depois desse prazo.

“A gente não entende qual o objetivo de uma ação dessas”, lamentou a secretária.

Registro

Dentro do Plano Nacional de Imunização, as doses aplicadas são registradas, tanto no sistema municipal, quanto no nacional de imunização. “É dose por dose no CPF de cada pessoa que recebe. E é quantitativo pra primeira dose”, citou Fernanda, acrescentando que a pessoa não receberá a segunda dose, ficando com o plano de imunização incompleto e sem registro do recebimento do imunizante.

Conforme a secretária, a equipe do PSF ficou bastante abalada com a situação.

Fernanda Ventura acrescentou que a Secretaria de Saúde vai tentar junto ao Estado repor o quantitativo levado do PSF. A ideia é que as pessoas agendadas para receberem o imunizante não fiquem sem a primeira dose.

Sem sinal de arrombamento

Ainda conforme a secretária, não há sinais de arrombamento no PSF. A sala foi isolada. “A gente aguarda a conduta da Polícia”, confirmou.

- Publicidade -

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde: desrespeito às interdições pode comprometer qualidade de asfalto
julho 24, 2021
Mato Grosso
Construção da ferrovia que vai ligar Rondonópolis a Cuiabá e Rondonópolis a Nova Mutum e Lucas do Rio Verde é destaque nacional
julho 24, 2021