Lucas do Rio Verde realiza campanha de doação de sangue para reabastecer estoque de Sorriso

Fonte: CenárioMT

Campanha de doação de sangue no Instituto Estadual de Hematologia do Rio de Janeiro - Hemorio Por: Tomaz Silva/Agência Brasil
Campanha de doação de sangue no Instituto Estadual de Hematologia do Rio de Janeiro - Hemorio Por: Tomaz Silva/Agência Brasil

Será realizada no sábado (13) a 7ª edição da campanha de doação de sangue em Lucas do Rio Verde. A Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Cerrado serve como ponto de coleta. Ao longo ano têm sido realizadas campanhas mensais para coleta de sangue, cujo objetivo é reabastecer o banco de sangue da regional de Sorriso, que atende o Hospital São Lucas.

Desde a pandemia, a campanha é realizada por meio de agendamento, que pode ser feito pelo site da prefeitura. A meta desta campanha é colher oitenta bolsas de sangue. O agendamento para cada campanha é aberto dois dias antes da data de doação, e os interessados devem ficar atentos às datas. Para a campanha do dia 13, o agendamento será aberto no dia 11, às 7 horas da manhã.

Segundo o bioquímico Gilmar da Silva Pereira, as campanhas de doação de sangue têm sido um sucesso, com parceiros e doadores comprometidos. A agenda para as campanhas até o final do ano já está fechada.

Os interessados em doar devem fazer o agendamento pelo site da prefeitura, onde há um link específico para a campanha. A coleta é organizada para receber entre oito e dez doadores por hora, totalizando oitenta doadores por campanha. Para ser um doador, é necessário ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg, estar bem alimentado, não consumir álcool 12 horas antes da doação e ter uma noite de sono tranquila de no mínimo seis horas. Menores de idade devem estar acompanhados por um responsável.

A campanha visa atingir a meta de oitenta doações, embora nem todos os doadores passem na triagem inicial. Para assegurar que a meta seja alcançada, há um cadastro de reserva disponível no site, onde doadores podem se inscrever caso haja desistências. Além disso, a campanha conta com o apoio de parceiros e empresas locais através do grupo “Corrente pela Vida”.

A doação de sangue é essencial para manter os estoques abastecidos, especialmente em momentos críticos. Gilmar ressalta que doar sangue é um ato de amor e salva vidas. Os doadores não precisam se preocupar com efeitos adversos, pois a doação é um processo saudável e seguro, com as células sanguíneas sendo renovadas em 120 dias. O sangue coletado atende pacientes do Hospital São Lucas, incluindo vítimas de acidentes, pacientes da UTI adulto e neonatal, e outros casos emergenciais.

É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.