21.3 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 17 janeiro, 2021
Início MATO GROSSO LUCAS DO RIO VERDE Lucas do Rio Verde: Investigada, ex-mulher de Hailton foi presa suspeita de...

Lucas do Rio Verde: Investigada, ex-mulher de Hailton foi presa suspeita de ser mandante do homicídio

Por Cenário MT

A ex-mulher do funcionário público Hailton Cordovil Amador, 30 anos, foi presa na tarde desta sexta-feira (08) por ser a principal suspeita de ser a mandante do crime.

Hailton foi atingido por cinco disparos de revolver calibre 38, enquanto trabalhava no Ecoponto, na manhã desta sexta-feira em Lucas do Rio Verde.

A ex-companheira e um menor foram encaminhados para a Delegacia Judiciária Civil, após as investigações sobre o homicídio terem avançado no decorrer do dia. Logo após efetuar os disparos, um homem de 19 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar (13ºBPM) ainda no local do crime.

De acordo com o delegado Eugênio Rudy, a linha que segue em investigação é de crime passional.

“Fizemos a condução e autuação em flagrante de uma mulher, que a princípio, seria a mandante desse crime bárbaro. É importante ser frisado que a investigação está iniciando agora e as autoridades policiais tem que tomar a decisão, dentro de 24 horas, a cerca da autuação ou não do flagrante dos conduzidos, e assim fizemos”, comentou.

Entendemos que existem elementos suficientes da autoria e provas das materialidades aptas a ratificar a voz de prisão. Autuamos em flagrante os dois adultos e fizemos a apreensão do adolescente e ficarão agora, a disposição da justiça”, completou o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, após o relacionamento entre a suspeita e Hailton, ambos entraram em atrito, gerando inclusive a confecção de um boletim de ocorrência por parte da vítima.

“Isso motivou a busca de pessoas (por parte da suspeita) que levasse a efeito a morte do seu ex-cônjuge. Nesse boletim de ocorrência, a vítima relata ameaças que vinha sofrendo e aponta possíveis autores dessas ameaças”, frisou.

Após arquitetar o crime, o menor e o maior foram até o Ecoponto. O menor ficou esperando no lado de fora, enquanto o adulto foi em direção a Hailton, efetuando os cinco disparos. No celular do menor a polícia localizou uma foto da vítima.

“O autor dos disparos não conhecia a vítima e vendo esta foto ele conseguiu fazer a identificação”.

Hailton era servidor efetivo no cargo de motorista de caminhão desde 2018 e atuava no Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae). Tinha 30 anos e deixa duas filhas, uma de dez e uma de seis anos.



- Publicidade -

Últimas