22.4 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 04 dezembro, 2020
Início MATO GROSSO LUCAS DO RIO VERDE Escolas do nortão, incluindo Lucas do Rio Verde recebem visitas para definir...

Escolas do nortão, incluindo Lucas do Rio Verde recebem visitas para definir ações e projetos para 2021

As visitas nas unidades da região Norte são importantes para discutir o planejamento educacional de 2021 e estratégias para buscar novos recursos e apoiadores para as ações voltadas ao ensino profissionalizante
Por CenárioMT

Equipe da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) visita Escolas Técnicas Estaduais (ETE’s) da Região Norte do Estado para discutir o planejamento educacional de 2021 e estratégias para buscar novos recursos e apoiadores para as ações voltadas ao ensino profissionalizante.

O superintendente de Educação Profissional e Superior da Seciteci, Aryeh Hessel Craveiro, reforça que é por meio de parcerias que a oferta de cursos técnicos é ampliada e servem a sociedade.

“Estivemos nas escolas técnicas de Lucas do Rio Verde, Sinop e Alta Floresta para conversamos com as equipes sobre a principais demandas das regiões, assim como programar o calendário escolar e as estratégias que vamos adotar para fomentar o ensino técnico. As visitas são importantes para promover parcerias e projetos no intuito de ampliar as ofertas de cursos, além de entender a realidade de cada unidade para o retorno pós pandemia”, disse.

De acordo com Carlos Alberto Javorski, secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico de Lucas do Rio Verde, a parceria entre a prefeitura e a Seciteci, fomenta o crescimento e amplia a cadeia econômica da região.

“Temos muitas vagas de emprego na cidade, mas faltam profissionais qualificados, portanto os cursos oferecidos pelas escolas técnicas ajuda o desenvolvimento social, pois capacita as pessoas para conseguir uma vaga de emprego e assim aumenta a renda da pessoa e, consequentemente, movimenta a economia local”, afirmou.

Segundo Lauriano Antônio Barella, diretor da ETE de Alta Floresta, o apoio de algumas entidades e das prefeituras junto com o Estado é o que garante a formação de novos profissionais para o mercado.

“Realizamos pesquisas para entender o que o mercado precisa, assim junto com os nossos parceiros, buscamos oferecer novos cursos voltados à realidade local, por isso conseguimos entregar profissionais qualificados com preparo para atender a demanda local com eficiência. Tanto que muitos já saem da escola empregados”, concluiu.

A diretora da ETE de Sinop, Ivanir Latanzi, apresentou para a equipe o projeto da horta agroecológica implantada na escola como incubadora para desenvolver atividades didático-pedagógicas, além de servir para a realização de aulas práticas. Na ocasião ela ressaltou que os alunos saem dos cursos capacitados.

“Os nossos cursos são de excelente qualidade e muito prestigiado pela sociedade, tanto que o mercado reconhece nossos profissionais, até porque os egressos fazem estágios e aulas práticas durante o curso, por isso saem preparados para serem inseridos no mercado de trabalho”, concluiu.



© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas

Polícia Federal investiga desdobramentos do assalto em Criciúma

A Polícia Federal abriu um inquérito para investigar os desdobramentos do assalto a uma agência bancária em Criciúma (SC). Os investigadores apuram possível crime de...

Eleições 2020: Pesquisa em Macapá

Pesquisa Ibope divulgada pela Rede Amazônica nesta quinta-feira (3) aponta os seguintes percentuais de intenção de votos válidos para a prefeitura de Macapá nas...

Segunda onda de Covid-19: Falta de leitos e UTIs lotadas

No Rio de Janeiro a taxa de ocupação das UTIs já passa dos 80%. Na capital, são 90% na rede pública e quase 100%...

Vasco é eliminado da Conmebol Sul-Americana 2020

O Vasco da Gama se despediu na noite desta quinta-feira (03/12) da Conmebol Sul-Americana 2020. Em São Januário, o Gigante da Colina perdeu para...
Publicidade
x