25 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 23 setembro, 2021
InícioMATO GROSSOLUCAS DO RIO VERDEEm Lucas: homem diz ter ficado apavorado e decidiu fugir do local...

Em Lucas: homem diz ter ficado apavorado e decidiu fugir do local do acidente que vitimou Taisa de Carvalho

Suspeito poderá responder por omissão de socorro; condutor do carro não tinha CNH, segundo a polícia.
Por João Ricardo

O motorista do veículo (modelo não confirmado) que se envolveu no grave acidente que tirou a vida de Taisa Cleci Hohensee de Carvalho, 49 anos, se apresentou ontem – terça-feira (17) – na Delegacia Judiciária Civil de Lucas do Rio Verde.

Após o acidente, ocorrido por volta das 13h15 da última segunda-feira (16) na Avenida Brasil – cruzamento com a Av. Chile, o homem fugiu do local sem prestar socorro à vítima, que faleceu horas depois de dar entrada no Hospital São Lucas.

Informações iniciais dão conta de que o motorista fugiu por ter ficado em choque com o ocorrido e não possuir Carteira Nacional de Habilitação – CNH.

“Assim que a Polícia Civil tomou conhecimento desse fato, iniciou as investigações e buscas de imagens e de testemunhas (que ainda serão ouvidas) e até ontem (terça-feira) não tínhamos a identificação do motorista. Porém, ele acabou se apresentando e dando sua versão dos fatos”, comentou o investigador João Cleberson.

Depoimento

A esposa do motorista foi intimada a depor e deve auxiliar nas investigações sobre o que realmente ocorreu no momento do acidente, tendo em vista que a mulher estava dentro do carro.

O motorista alegou que seguia pela Avenida Brasil, sentido a prefeitura, quando a condutora da motoneta Honda Biz Taisa de Carvalho, que também seguia no mesmo sentido, teria atravessado à frente do carro para fazer o contorno. O motorista em tese, não teria tido tempo para frear e acabou atingindo a motoneta.

“A versão é de que a vítima entrou na frente do carro. A Avenida Brasil possui três vias e segundo a esposa do motorista, eles estavam na via próximo ao canteiro (lado esquerdo do motorista) e a vítima estaria na via do meio e logo a frente tinha um retorno e ela (motociclista) entrou na frente do carro para fazer esse retorno, momento em que não deu tempo de ele parar e acabou atropelando a vítima”, comentou o investigador com base nas informações repassadas pela esposa do motorista.

Ainda de acordo com o investigador João Cleberson, a polícia não descarta nenhuma possibilidade, mas acredita que houve uma tragédia sem que o motorista do carro tivesse intenção de cometer o atropelamento.

“Acreditamos que foi realmente uma fatalidade. Porém, houve o crime de omissão de socorro à vítima (ao passo de não ter permanecido no local). Quando eu fui intimar a esposa dele (motorista) ela disse que o mesmo se apavorou e saiu do local. Ela também relatou que ele não tem habilitação. De repente seja por esse motivo que ele se evadiu do local”, finalizou o policial.

O motorista, após se apresentar, foi ouvido e liberado em seguida. As investigações continuam até que a Polícia Civil conclua o inquérito.

Celso Ferreira Neryhttps://www.cenariomt.com.br
É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.

Redes sociais

107,335FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,037SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Show Safra 2022
Prefeitura participa de lançamento do Show Safra 2022
setembro 22, 2021
Lucas do Rio Verde
Equipe de karatê de Lucas do Rio Verde conquista segunda colocação em competição nacional
setembro 22, 2021
TOP 4 NACIONAL
Cercado de expectativa, Show Safra 2022 é lançado em Lucas do Rio Verde
setembro 22, 2021
PROCURA-SE
Adolescente residente em Lucas do Rio Verde segue desaparecida: menor que ‘foi localizada’ também havia saído de casa
setembro 22, 2021