23.3 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 19 janeiro, 2022
Publicidade
InícioMATO GROSSOLUCAS DO RIO VERDECampanha Dezembro Vermelho alerta para diagnóstico e tratamento precoce da Aids e...

Campanha Dezembro Vermelho alerta para diagnóstico e tratamento precoce da Aids e outras ISTs

Em Lucas do Rio Verde, ações de prevenção e conscientização serão realizadas nas unidades de saúde
Por Redação CenárioMT com Assessoria

Com o objetivo de intensificar ações e promover a sensibilização da população geral em relação ao HIV, sífilis e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), a Secretaria da Saúde de Lucas do Rio Verde inicia a programação da Campanha Dezembro Vermelho, com testagem rápida e orientações nos PSFs.

Os testes rápidos são simples. É coletado sangue da ponta do dedo e o resultado fica pronto entre 15 e 20 minutos, servindo para diagnosticar casos de HIV, sífilis e hepatites B e C.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, a médica Fernanda Heldt Ventura, o objetivo principal da campanha é ampliar o acesso ao diagnóstico precoce do HIV/AIDS e da sífilis para garantir uma melhor qualidade de vida à pessoa diagnosticada.

Outra intenção é reduzir o contágio do vírus, em especial a transmissão vertical, aquela que ocorre da mãe para o filho durante a gestação, parto e/ou amamentação.

No decorrer da campanha, também haverá distribuição de preservativos, informativos impressos e a realização de orientações referentes ao assunto.

Na programação ainda serão realizadas palestras, rodas de diálogo e ações itinerantes.

Como surgiu o Dezembro Vermelho?

Durante a terceira Conferência Internacional de AIDS em Washington, nos Estados Unidos, em 1987, 200 mil pessoas que viviam com o HIV foram ouvidas pela comunidade científica. Para elas, o silêncio era uma forma de violência.

Como não havia tratamento na década de 80, quem contraía o HIV morria em questão de meses ou anos. Esse período da história internacional e nacional ficou marcado pelo terror e incerteza decorrentes da epidemia de AIDS.

Um ano depois, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estipulou o dia 1º de dezembro como o Dia Mundial da AIDS. O objetivo era, sobretudo, combater a desinformação e o preconceito contra os soropositivos (indivíduos que possuem o vírus HIV em seu organismo).

O dezembro vermelho ganhou notoriedade somente em 1991 com a associação do laço vermelho à luta contra a AIDS. O projeto foi lançando pelo grupo de profissionais de arte Visual AIDS em Nova York.

Eles desejavam homenagear amigos, parentes e colegas que morreram devido à doença. Por isso, considera-se que quem usa o laço escolhe demonstrar abertamente a sua solidariedade aos pacientes de AIDS.

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.
Publicidade

Publicidade

Redes sociais

107,350FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,121SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Confira o calendário esportivo para fevereiro e março de 2022 em Lucas do Rio Verde
janeiro 19, 2022
Lucas do Rio Verde
Janeiro Roxo: Lucas do Rio Verde realiza ações educativas sobre hanseníase nos PSFs
janeiro 19, 2022
AÇÃO INTEGRADA
Trio detido por tráfico de drogas em Lucas do Rio Verde tinha até máquina pra cartão
janeiro 18, 2022
Lucas do Rio Verde
Obras faz troca de madeiramento em manutenção de ponte no interior de Lucas do Rio Verde
janeiro 18, 2022