30.3 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 20 setembro, 2021
InícioMATO GROSSOLUCAS DO RIO VERDE‘Buscar soluções juntos’: pais são apresentados ao tema evasão escolar pelo Conselho...

‘Buscar soluções juntos’: pais são apresentados ao tema evasão escolar pelo Conselho Tutelar

Ministério Público e Assessoria Pedagógica do Estado também participaram do encontro
Por Redação CenárioMT com Assessoria

Pais e responsáveis por alunos da rede pública de ensino de Lucas do Rio Verde estiveram presentes na Câmara Municipal, na noite desta sexta-feira (23), em uma reunião organizada pelo Conselho Tutelar para tratar sobre o tema evasão escolar.

O promotor do Ministério Público, Daniel Mariano, e a assessora pedagógica do Estado, Denise Dalberto, também participaram da reunião por meio de transmissão on-line, para auxiliar nos trabalhos de orientação aos pais.

“O conselho está aqui para ajudar, para orientar os pais sobre a vida dos seus filhos. É o nosso dever acolher, acompanhar essas crianças e adolescentes que podem estar em vulnerabilidade. O Conselho veio para somar.” A fala da conselheira e coordenadora do Conselho Tutelar, Klenia Muniz, resume qual o papel da instituição no trabalho realizado com crianças e adolescentes e desmistifica a ideia que muitos pais acabam tendo sobre a entidade.

A evasão escolar

Muito mais que ensinar e garantir formação, a escola tem um papel fundamental na vida das crianças e adolescentes. Frequentar o ambiente escolar garante a potencialização de vínculos sociais e o desenvolvimento de habilidades físicas e cognitivas.

Quando o aluno está na escola as chances de que ele se torne um agente social, com atuação em sua comunidade e grupo familiar, são muito maiores. Ser um agente social é entender e defender os interesses comuns de qualquer tipo, pensando no coletivo.

A evasão é caracterizada pelo momento em que o aluno deixa a escola e não volta mais para o sistema de ensino. Ou seja, a situação é permanente e ainda mais preocupante.

De acordo com Denise, há uma união entre os órgãos para garantir que as crianças e adolescentes tenham educação de qualidade. Por isso, em qualquer dificuldade, os pais podem recorrer às entidades em busca de orientação e até mesmo ajuda.

“Vamos juntos buscar soluções para que nossos alunos não fiquem fora da escola. Esse retorno é urgente e necessário”, apontou a assessora pedagógica do Estado, que aproveitou o momento para fazer um apelo: “Pais, mantenham o cadastro atualizado na escola. Se mudou de telefone, comuniquem a gestão da escola. Muitas vezes não conseguimos contato porque o telefone não estava atualizado”, disse Denise.

“Vejo que o nosso mutirão foi muito produtivo. Os pais escutaram as orientações não só do Conselho, mas do Ministério Público e da Assessoria Pedagógica. A criança tem o direito à educação e eles têm o dever da matrícula e do acompanhamento escolar”, finalizou a conselheira Simone Maria da Silva.

 

 

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Redes sociais

107,327FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,037SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Bairro Jaime Seiti Fujii recebe revitalização da sinalização viária
setembro 19, 2021
Lucas do Rio Verde
Sistema Único de Saúde (SUS) completa 31 anos de existência neste domingo
setembro 19, 2021
Lucas do Rio Verde
Pouco mais de 40% dos cadastros de túmulos do Cemitério Municipal foram atualizados
setembro 18, 2021
Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde é destaque regional por trabalho desenvolvido pela saúde do homem
setembro 18, 2021