Boletim Coronavírus atualiza situação da doença em Lucas do Rio Verde

Fonte: CenárioMT

LRV imagem aerea1
Foto: Ascom

A Secretaria de Saúde de Lucas do Rio Verde divulgou, nesta segunda-feira (17), o boletim semanal de monitoramento da Covid-19, referente ao período de 10 a 16 de junho de 2024.

Conforme os dados apresentados, o município registrou apenas um novo caso confirmado de Covid-19 nos últimos sete dias, considerando tanto o Sistema Único de Saúde (SUS) quanto a rede privada. Com isso, o total de casos confirmados desde o início da pandemia chega a 30.872.

O boletim também atualizou os números de óbitos e recuperações. O total de óbitos permanece em 227, sem novos registros na última semana. Por outro lado, o número de recuperados aumentou, atingindo a marca de 30.644 pessoas que se recuperaram da doença.

A Secretaria de Saúde reforça a importância da manutenção das medidas preventivas e da vacinação, alertando que, mesmo com a redução significativa no número de novos casos, a pandemia ainda não acabou. A população deve continuar seguindo as orientações sanitárias para evitar a disseminação do vírus.

Vacinação

A Secretaria de Saúde de Lucas do Rio Verde começa, nesta terça-feira (18), a aplicação da nova vacina Covid-19 monovalente XBB em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município. A introdução do imunizante, desenvolvido pela fabricante Moderna, trouxe alterações no esquema vacinal.

Neste momento, a vacinação está destinada exclusivamente aos grupos prioritários, que incluem crianças de 6 meses a 4 anos, pessoas com 60 anos ou mais, gestantes, puérperas, imunocomprometidos, indivíduos a partir de 5 anos com comorbidades, residentes e trabalhadores de instituições de longa permanência, indígenas, quilombolas, trabalhadores da saúde, pessoas com deficiência permanente, pessoas privadas de liberdade, trabalhadores do sistema de privação de liberdade, jovens em medidas socioeducativas e pessoas em situação de rua.

“A novidade é que será um tipo de imunizante para todas as faixas etárias elegíveis ao recebimento da dose. A principal função da vacina é prevenir casos graves (internações) e óbitos, e a nova dose é necessária devido às variantes que o vírus produz. Pedimos à população que não esperem aumento dos casos de Covid-19 para então procurar tomar a vacina, pois o imunizante demora em torno de 15 dias para fazer efeito”, explicou Claudia Engelmann, supervisora da Vigilância em Saúde.

A vacina monovalente da Moderna é especificamente eficaz contra a variante XBB 1.5 do SARS-CoV-2. Para pessoas com 60 anos ou mais, gestantes, puérperas e imunocomprometidos, são recomendadas duas doses, com um intervalo de seis meses entre elas. Para os demais grupos prioritários, a vacinação é anual.

Importante destacar que a vacinação com a nova vacina monovalente XBB não está condicionada à existência de esquemas prévios de vacinação contra as cepas originais da Covid-19. Qualquer pessoa dos grupos prioritários está apta a receber a nova vacina, independentemente de ter recebido doses anteriores.

A vacina está disponível em todas as UBS do município, de segunda a sexta-feira, das 7h às 10h30 e das 13h às 16h30, por livre demanda. Para se vacinar, é necessário levar a carteirinha de vacinação, um documento com foto e, se possível, o Cartão SUS. Crianças e adolescentes devem estar acompanhados por um dos pais ou responsáveis.

A Secretaria de Saúde reforça a importância da vacinação como medida essencial para a proteção individual e coletiva contra a Covid-19, e encoraja todos os elegíveis a procurarem uma UBS para se vacinar.

É formado em Jornalismo. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre política, economia e esporte regional.