30 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 10 abril, 2021
InícioMATO GROSSOLUCAS DO RIO VERDEAcilve discorda da antecipação de feriados proposta pelo governo estadual

Acilve discorda da antecipação de feriados proposta pelo governo estadual

Medida é vista com preocupação por diretores da entidade que temem, a exemplo dos feriados de fim de ano e carnaval, aumento no número de casos positivos após os dois períodos
Por Da Redação

A solução encontrada pelo Governo do Estado de Mato Grosso para fazer frente ao crescimento do número de casos de contaminação pelo coronavírus e ao alto percentual de ocupação de leitos de UTIs não conta com a aprovação da Associação Comercial e Empresarial de Lucas do Rio Verde (Acilve) porque, segundo os dirigentes da entidade, poderá ter um efeito contrário ao esperado.

Diante da proposta de antecipação de alguns feriados para que, à exceção dos serviços essenciais, todas as demais atividades deixem de funcionar e as pessoas fiquem em casa durante um período de cinco dias em uma semana e de mais quatro dias na semana seguinte, com a soma dos sábados e domingos, o presidente da Acilve, Vilson Kirst, acredita ser uma medida temerária e com grande chance de provocar uma explosão de novos casos logo após a volta à normalidade.

“As pessoas estão cansadas e aflitas após um ano de pandemia e de medidas restritivas. Assim como tivemos um aumento no número de casos pouco depois de períodos festivos como o Natal, a virada de ano e o Carnaval, o confinamento da maioria da população em casa certamente trará aglomerações que fugirão do controle e poderá ser uma estratégia totalmente errada no combate ao vírus”, presume.

Conforme o anúncio feito pelo governador do Estado, Mauro Mendes, durante a reunião por videoconferência realizada sexta-feira passada (19) com representantes dos demais poderes e de setores produtivos, o primeiro feriadão irá se estender do dia 24 a 26 de março, quarta a sexta-feira desta semana, com a volta ao trabalho nos dias 29, 30 e 31, e o feriadão seguinte abrangerá os dias 1º e 2 de abril, quinta e sexta-feira da próxima semana.

Antes da publicação do novo decreto, o governo deverá encaminhar um projeto de lei à Assembleia Legislativa com a proposta de quais feriados do calendário estadual serão antecipados. A princípio, o de 1º de maio, o do Dia da Consciência Negra (20 de novembro) e o do dia de aniversário dos municípios foram apresentados como possíveis opções.

Para Kirst, os empresários luverdenses têm seguido rigidamente as medidas de biossegurança recomendadas pela Organização Mundial de Saúde para evitar a propagação da Covid-19 e mesmo assim muitos comerciantes estão sendo duramente penalizados com a imposição de medidas restritivas que diminuem as vendas e forçam a redução do número de funcionários. “Além disso, estamos nos aproximando da Páscoa, uma data de grande movimentação do comércio, e o intervalo de três dias entre um pequeno lockdown e outro justamente no final do mês, que é quando muitas pessoas recebem seu salário, vai provocar uma corrida às compras que certamente ocasionará muito atropelo e lotação nas lojas e supermercados”, prevê.


- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

COVID 19
Lucas: Saúde confirma mais um óbito por Covid-19 e total de mortes chega a 109
abril 10, 2021
SOBRE UM RODA
Lucas: Praticantes cobram definição de espaço para realização de manobras em motos
abril 10, 2021