Kit Covid-19 começa ser distribuído nos postos de Sinop

0

O secretário municipal de Saúde, Kristian Barros, afirmou, nesta quinta-feira, 02 de julho, que já estão nas Unidades Básicas de Saúde que atendem pacientes com sintomas gripais os medicamentos do kit Covid-19. UBS’s Oliveiras, Ibirapuera, Palmeiras, Sebastião de Matos e Menino Jesus são os estabelecimentos de referência.

Kristian Barros, ao lado do vice-prefeito, Gilson de Oliveira, e do médico responsável técnico, Guido Céspedes, concedeu entrevista coletiva à imprensa nesta tarde.


-Continua depois da publicidade ©-

“O que queremos com o kit é ajudar os munícipes, é trazer para Sinop mais uma oferta de ajuda. A gente sabe que a medicação não tem comprovação científica, mas já há registros que existe sim uma melhora dos sintomas”, detalha.

O secretário, também, frisa que não há uma cura comprovada para a Covid-19, mas o medicamento pode ser uma chance de promover a melhora e mais conforto no tratamento do problema. Porém, ainda há muita discordância entre os médicos quanto ao emprego do kit.

“Isso é natural não só em Sinop, mas no Brasil como um todo. A doença é muito precoce, então os estudos também estão recentes. Mas a gestão optou em adotar esse protocolo, que foi revisado segundo as recomendações do Ministério da Saúde, e é assinado por uma médica infectologista e pelo nosso médico responsável técnico. Então reforçamos que um protocolo validado é um protocolo a ser seguido”, afirma.

Barros deixou claro que o medicamento só será entregue após consulta médica e é o médico quem recomenda o uso do kit. Também informou, durante coletiva, que houve atraso no início da entrega dos medicamentos em função da falta de matéria-prima

Como lembrou o vice-prefeito Gilson de Oliveira, “essa coletiva foi realiza para deixar claro que o médico, juntamente com o secretário, aprovou a entrega dos kits. A prefeita Rosana Martinelli viabilizou os recursos que vieram do Governo Federal e os medicamentos estão aí para realmente colaborarem neste momento de pandemia”, afirmou.

“Agora, o entendimento da necessidade do kit vai da interpretação de médico para médico. Tem uns que concordam e outros que não. Por isso provamos esse debate para realmente tirar as dúvidas da sociedade, esclarecendo a opinião pública. E mostrando que a Secretaria de Saúde está dando uma segurança à sociedade, de que está sendo feito de tudo da melhor forma possível para que possamos tão logo voltar a nossa normalidade”, citou Gilson de Oliveira.

 

Leia também: Resultado das loterias de hoje (22/09/2020)


Amazonia 03 de Junho