23.4 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 16 maio, 2022
Publicidade
InícioMATO GROSSOJovem salvo de afogamento decide adotar a mesma profissão de PM que...

Jovem salvo de afogamento decide adotar a mesma profissão de PM que o resgatou

História que poderia terminar em tragédia se tornou um recomeço para todos
CenárioMT com PM/MT

Em uma tarde de domingo, no mês de setembro de 2012, em um balneário na cidade de Aragarças (GO), o destino de duas pessoas foi colocado à prova e um resgate aquático de alto risco mudou para sempre a vida de dois homens, que atualmente fazem parte da corporação da Polícia Militar de Mato Grosso.   

Quem conta detalhes deste dia é o cabo Victor Vinicius Carvalho Paz, que atua no Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Metropolitanas (Rotam), em Cuiabá. O policial relata que estava com sua família, em um balneário termal, quando notou uma movimentação e identificou que um homem estava se afogando no meio do rio.

“Quando entrei no rio, tinha uma outra pessoa saindo e disse que não deu conta [de socorrer a vítima] porque o rapaz puxou ela e ela se apavorou. Eu continuei indo e quando estava me aproximando dele, comecei a falar ‘só vamos sair dessa se você também me ajudar”, conta o policial.

O cabo explica que no ano de 2011 havia feito um curso de capacitação na Rotam, em parceria com o Corpo de Bombeiros, que ensinava técnicas para salvamento aquático. O policial afirma que sua meta era não fazer parte de uma triste estatística de que 90% das pessoas que tentam salvar alugém de um afogamento, acabam se afogando junto.

“Lembro que fiz uma manobra e coloquei a cabeça dele pra cima, mas estávamos num rebojo (remoinho que leva para o fundo do rio). Eu insisti, começamos a sair do rebojo e descer o rio. […] Eu nadava com a cabeça submersa com muito cuidado. Em um momento fiquei exausto, não conseguia nadar e apenas segurava ele e procurava o fundo do rio”, declara o policial sobre os momentos mais tensos do resgate.

A vítima do afogamento recebeu todos os procedimentos médicos necessários e se recuperou bem do ocorrido. A gratidão que ele sentiu em ser salvo por um policial militar o motivou a querer fazer parte da corporação. O nome do rapaz salvo pelo Cabo Paz é Fernando Edio Pereira da Silva. Eles se conheciam, mas não tinha amizade.

Emocionado e grato por ter sido salvo, Fernando decidiu entrar para a Polícia Militar de Mato Grosso. Hoje, o soldado Edio integra a equipe da PM, na cidade de Serra Nova Dourada.

João Ricardohttps://www.cenariomt.com.br
Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.

Publicidade


Publicidade

Lucas do Rio Verde

RESPONSABILIDADE NO TRÂNSITO
Prefeitura de Lucas do Rio Verde divulga sequência de ações programadas para o Maio Amarelo
maio 16, 2022
JETON DE PRESENÇA
Câmara reprova projeto que criava remuneração a membros de comissão e conselhos do Previlucas
maio 16, 2022
Lucas do Rio Verde
Assistência Social e Senac concluem mais quatro capacitações para população luverdenses
maio 16, 2022
ACIDENTE NO TRÂNSITO
Jovem morre após grave acidente em Lucas do Rio Verde
maio 16, 2022