22.5 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 10 maio, 2021
InícioMATO GROSSOIndígena matogrossense influencer diz que espera desmistificar preconceitos

Indígena matogrossense influencer diz que espera desmistificar preconceitos

Por CENÁRIOMT COM INF. G1MT

O universitário e digital influencer, Cristian Wariu Tseremey, que é da etnia Xavante, disse, em uma live feita nesse domingo (18), que a melhor abordagem do Dia do Índio é não tratar do dia em si apenas, mas trazer à tona a pauta de luta dos povos como um todo. Para ele, o dia ficou pequeno para representar os indígenas como um todo.

“A gente já nasce no meio de uma luta e tem que lutar”, afirmou, ao definir o que é ser indígena.

 

Ele participa do especial Falas da Terra, que a Globo vai exibir nesta segunda-feira (19), Dia do Índio.

“Espero representar bem a nossa galera que está na internet e desmistificar os preconceitos relacionados aos povos indígenas”, declarou.

 

Cristian nasceu em território Xavante, na região do Araguaia, onde a família continua morando. O pai dele, Crisanto Rudzö Tseremey’wá, é uma das lideranças da etnia. Hoje, ele estuda jornalismo, na Universidade de Brasília (UNB), e atua como coordenador de comunicação da Federação dos Povos e Organizações Indígenas de Mato Grosso (FEPOIMT), a qual o pai preside. Ele também tem canal no YouTube.

Ele aprendeu com o pai desde pequeno sobre os conflitos vivenciados pelos indígenas e as informações erradas que circulam contra os povos.

“Quando entrei na escola, na faculdade, eu tinha que explicar porque eu estava ali. Muita gente me perguntava sobre um dinheiro do governo que a gente recebia, mas não é isso. As pessoas preferem acreditar que a gente recebe auxílio do governo, porque na cabeça delas isso funciona melhor, porque acham que não podemos trabalhar e ter o nosso próprio dinheiro”, disse.

 

Ele disse que sempre se interessou por tecnologia e comunicação.

Nessa data, ela diz que os indígenas precisam de apoio. “Não precisamos de homenagens, precisamos de apoio!”, disse, em um post no Instagram.

O programa mostra a riqueza cultural dos mais de 300 povos indígenas existentes no país, que falam aproximadamente 200 línguas diferentes.

O cacique Raoni Metuktire Kayapó, líder do povo Kayapó e uma das maiores e mais respeitadas lideranças indígenas do Brasil, é um dos personagens da série. Ele é conhecido internacionalmente e já foi pré-indicado ao Prêmio Nobel da Paz por sua atuação na luta pela preservação da floresta e dos povos amazônicos.


Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

CRIMES
Tentativa de chacina deixa um morto e dois feridos em Lucas do Rio Verde
maio 09, 2021
Covid-19
Lucas do Rio Verde registra 18 novos casos de Covid-19; UTIs têm 11 pacientes
maio 09, 2021