21.9 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 16 abril, 2021
InícioMATO GROSSOGrávida morre na fila de espera por UTI em Mato Grosso

Grávida morre na fila de espera por UTI em Mato Grosso

Por CenárioMT com Gazeta Digital

Infectada pela covid-19 e grávida, uma jovem de 20 anos, morreu na fila de espera por uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), na cidade de Sinop, no sábado (03). Familiares fizeram apelos nas redes sociais para dar visibilidade à situação em busca de uma resposta sobre a transferência da vítima, mas o socorro não chegou a tempo.

No Facebook, a irmã da vítima publicou uma sequência de postagens nas quais denuncia a situação, na tentativa de que a uma maior visibilidade sobre o caso pudesse acelerar o processo de transferência da grávida para uma UTI.

Na noite de quinta-feira (01), a irmã postou uma imagem do boletim diário da covid no município, no qual a Prefeitura apontava leitos disponíveis. Na publicação, a jovem questiona o fato de haver UTI desocupada e sua irmã, mesmo em situação crítica por conta da gravidez, não ter sido encaminhada para o leito.

Sinop posta uma mentira dessa fala para mim porque não coloca ela é duas vidas gente em risco não é uma não porque não coloca ela como prioridade é duas vidas que tá em risco não é só uma não para que posta uma mentira para deixar a gente”, diz trecho da publicação.

Em outra postagem, na sexta-feira (02), a jovem alega que a UPA André Maggi estaria retendo documentação de transferência da irmã, o que tornava o processo ainda mais demorado. Em poucas horas, as publicações da jovem viralizaram e tiveram centenas de comentários, curtidas e compartilhamentos.

Após a morte da jovem grávida, a vereadora Professora Gracielle (PT) se manifestou sobre o ocorrido e prestou solidariedade à família da jovem. “Minha dor e indignação por todas as famílias que estão sem amparo na hora necessária”, disse a parlamentar. Posteriormente, a publicação foi repostada pelo deputado estadual Lúdio Cabral (PT).

A  Prefeitura de Sinop destacou que o atendimento de alta complexidade é de responsabilidade do Estado.

Confira a nota emitida pelo Executivo municipal na íntegra a seguir:

“A Prefeitura de Sinop, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, esclarece que utilizou todos os esforços possíveis para salvar a vida a jovem Mikaele Karoline Souza Salino, que deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no dia 30/03/2021 e, e no dia 01/04/2021 precisou ser entubada, necessitando de um leito de UTI.

 

Desde que surgiu a necessidade de um tratamento intensivo, as equipes de saúde se empenharam, junto a regulação estadual para encontrar uma vaga dentro ou fora do estado, mas infelizmente a vaga não surgiu a tempo.

 

Além de um leito de UTI adulto, a gestante necessitava de uma UTI neonatal.

 

A prefeitura de Sinop, por meio da secretaria de saúde esclarece ainda que, neste sábado(02/04) 198 pacientes estavam a espera por vaga de UTI, no estado de Mato Grosso. A alta complexidade é competência do estado, mas em nenhum momento o poder público municipal se furtou em auxiliar e unir força a regulação estadual para salvar vida da jovem.

 

A prefeitura de Sinop se-solidariza com a família neste momento muita tristeza e dor.

 

A reportagem tentou contato com a Prefeitura de Sinop, que destacou que o atendimento de alta complexidade é de responsabilidade do Estado. Confira a nota emitida pelo Executivo municipal na íntegra a seguir:

 

“A Prefeitura de Sinop, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, esclarece que utilizou todos os esforços possíveis para salvar a vida a jovem Mikaele Karoline Souza Salino, que deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no dia 30/03/2021 e, e no dia 01/04/2021 precisou ser entubada, necessitando de um leito de UTI.

 

Desde que surgiu a necessidade de um tratamento intensivo, as equipes de saúde se empenharam, junto a regulação estadual para encontrar uma vaga dentro ou fora do estado, mas infelizmente a vaga não surgiu a tempo.

 

Além de um leito de UTI adulto, a gestante necessitava de uma UTI neonatal.

 

A prefeitura de Sinop, por meio da secretaria de saúde esclarece ainda que, neste sábado(02/04) 198 pacientes estavam a espera por vaga de UTI, no estado de Mato Grosso. A alta complexidade é competência do estado, mas em nenhum momento o poder público municipal se furtou em auxiliar e unir força a regulação estadual para salvar vida da jovem.

 

A prefeitura de Sinop se-solidariza com a família neste momento muita tristeza e dor.


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

NOVO DECRETO
Em vídeo, Miguel Vaz fala sobre novo decreto e pede atenção da sociedade para prevenção a covid-19
abril 15, 2021
GERAL
Moradora de Lucas do Rio Verde ganha R$ 10 mil no sorteio do Programa Nota MT
abril 15, 2021