30.7 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 05 agosto, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICOGOV-MTGoverno garante premiação a esportistas de Mato Grosso em Jogos Olímpicos e...

Governo garante premiação a esportistas de Mato Grosso em Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2021

Atletas, paratletas, atletas-guias e técnicos convocados e/ou medalhistas nas competições mundiais têm direito aos prêmios
Por CenárioMT

Uma política pública para a valorização e fortalecimento do esporte no Estado está possibilitando incentivos especiais aos participantes mato-grossenses nos dois maiores eventos esportivos do planeta em 2021. Por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), o Governo de Mato Grosso oferece prêmios aos atletas, paratletas, atletas-guias e técnicos convocados para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio.

O incentivo estadual garante o pagamento de prêmio único no valor de R$ 30 mil reais a cada um os atletas e paratletas classificados para as competições mundiais. Para os técnicos convocados a premiação é de R$ 10 mil.

E o estímulo não para por aí. A Portaria governamental prevê também o Prêmio Medalha Olímpica, em que os participantes mato-grossenses ainda têm a chance de receber R$ 100 mil se forem medalhistas olímpicos, independentemente se de bronze, prata ou ouro. No caso de técnico medalhista, o prêmio é de R$ 30 mil.

Em sua segunda Olimpíada, o nadador Felipe Lima é um dos mato-grossenses classificados para a competição em Tóquio neste ano. Para Felipe, a iniciativa de premiar os atletas convocados para as Olimpíadas é brilhante e, junto com as bolsas do projeto Olimpus, engrandece o esporte mato-grossense.

“São incentivos não somente para nós convocados, mas também para vários outros atletas que são beneficiados pelo Programa Olimpus com o bolsa-atleta. Eu mesmo fui convidado para treinar em São Paulo e aceitei porque à época não tinha ajuda do governo do Estado. Agora é diferente”, argumenta o nadador que disputa as Olímpiadas nas provas de 100 m peito e revezamento 4 x 100 m medley.

Os outros mato-grossenses convocados para os Jogos Olímpicos 2021 são: Ana Sátila, da canoagem, Almir Júnior, do atletismo, Bruna Benites, defensora na seleção de futebol feminino, e Haline Scatrut, da seleção de rugby sevens feminino. A competição ocorre de 23 de julho a 08 de agosto, em Tóquio, no Japão.

Já nos Jogos Paralímpicos, que serão realizados entre 24 de agosto e 5 de setembro, são mais três atletas e um técnico representando Mato Grosso. Um deles é o velocista paraolímpico, Lucas Prado, que disputa as Olimpíadas pela terceira vez.

“Fiquei muito feliz ao receber a notícia da Secel de que receberia o prêmio pela minha participação nas Olimpíadas de Tóquio. A satisfação é muito grande quando você é lembrado, ainda mais por um Estado. Sempre gostei de Mato Grosso e agora muito mais. Sinto orgulho de ser mato-grossense”, celebra.

Lucas Prado perdeu 90% de sua visão em 2002 após um descolamento de retina e desde 2006 se destaca no atletismo, sendo considerado o cego mais rápido do mundo. Nas Olimpíadas de Pequim em 2008 conquistou três ouros nos 100m, 200m e 400m e duas pratas nos 100 e 400 m nos Jogos de Londres em 2012.

Ana Carolina Duarte, que faz parte da seleção brasileira de goallbal feminino e está em sua quinta Paralimpíada, é outra representante de Mato Grosso no maior evento esportivo mundial envolvendo pessoas com deficiência. O técnico e esposo da paratleta, Altemir Trapp, também foi convocado para os Jogos Paralímpicos de Tóquio, por compor a comissão técnica da seleção brasileira de goalball masculino.

A lista de representantes do Estado nos Jogos Paralímpicos 2021 é completada com o ala/pivô da seleção brasileira de goalball masculino, Romário Diego Marques. O paratleta participou dos Jogos de Pequim 2008, foi prata em Londres 2012 e ajudou o Brasil a conquistar o bronze no Rio de Janeiro, em 2016.

Procedimentos 

A portaria 105/2021, publicada pela Secel no dia 1º de julho, dispõe sobre os procedimentos a serem observados para a disponibilização dos Prêmios Atleta Olímpico, Técnico Olímpico, Medalha Olímpica e Técnico medalha Olímpica.

Os atletas, paratletas e técnicos convocados e medalhistas nos Jogos Olímpicos e Jogos Paralímpicos têm até o dia 13 de setembro para  encaminhar o formulário de requerimento e demais documentos comprobatórios à Secel.

Projeto Olimpus

A premiação integra o projeto Olimpus, um dos mais relevantes programas financeiros para o desenvolvimento do esporte mato-grossense. Retomado e ampliado em 2020 pelo Governo do Estado, o projeto garante auxílio financeiro mensal a 151 atletas de Mato Grosso.

Além das bolsas para atletas de base e de alto rendimento, o projeto foi ampliado mais uma vez em 2021.  De 05 a 21 de julho, estão abertas as inscrições para concessão de Bolsa-Técnico Nacional e Bolsa-Técnico Nacional Elite, com valores mensais de R$ 1 mil e R$ 1,5 mil, respectivamente.

“Assim, avançamos bem na construção de políticas públicas esportivas de continuidade. É o poder público participando desde a base estudantil, nacional, internacional, prestigiando técnico e agora também a participação olímpica e medalhistas olímpicos. É o Governo do Estado, lado a lado com o esporte, desde a base até a participação olímpica”, comemora Alberto Machado, secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso.

 


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!

Lucas do Rio Verde

AGENDA OFICIAL
Escola Tiradentes será inaugurada nesta sexta-feira durante visita do governador Mauro Mendes
agosto 05, 2021
Geral
Entrega de motobombas às comunidades é uma das comemorações de aniversário de Lucas do Rio Verde
agosto 05, 2021
CELEBRAÇÕES
Com corte simbólico de bolo, Lucas do Rio Verde celebra 33 anos
agosto 05, 2021
GOLEOU
Taça Brasil: Grupo Santos sai atrás do marcador, vira e garante vaga na semifinal
agosto 05, 2021