22.5 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 26 janeiro, 2022
Publicidade
InícioCENÁRIO AGROGoverno envia projeto de concessão da BR-163 ao TCU

Governo envia projeto de concessão da BR-163 ao TCU

Considerado o principal corredor de escoamento da safra no norte do país, o trecho de 970 km entre Sinop/MT e Miritituba/PA deve ser leiloado no último trimestre de 2020
Por CenárioMT

O projeto de concessão de trechos das rodovias BR-163/MT  foi encaminhado, ontem, quarta-feira (13), ao Tribunal de Contas da União (TCU).

Além da BR-163/MT as BRs, BR-163/PA e BR-230/PA também estão no mesmo projeto.

O plano de outorga para a concessão foi apresentado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e aprovado pelo Ministério da Infraestrutura.

O segmento total liga Sinop (MT) aos portos de Miritituba, no município de Itaituba (PA), onde a maior parte da safra de grãos do norte do Mato Grosso é escoada através da hidrovia do rio Tapajós até os portos marítimos de Santarém (PA) e Santana (AP). Este é considerado o principal corredor logístico do eixo norte do país.

No total, serão 970 quilômetros passando por 13 municípios dos dois estados. O prazo da concessão será de 10 anos e o critério para o leilão será o de menor tarifa, ou seja, vence quem oferecer o maior desconto na tarifa referencial (R$ 8,97 a cada 100 quilômetros).

Investimentos

De acordo com o contrato, estão previstos R$ 1,89 bilhão em investimento privado e mais R$ 1,02 bilhão em custos e despesas operacionais. Serão implementados 35 quilômetros de faixa adicionais, 30 quilômetros de vias marginais, 173 quilômetros de alargamento e 187 acessos, incluindo uma nova entrada aos portos de Miritituba.

Para o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, a rodovia tem um perfil específico, por ser voltada majoritariamente para o tráfego de veículos de carga e pelo alto fluxo durante o período de escoamento da safra.

Segundo Freitas, a intenção principal é diminuir o custo Brasil, garantindo maior competitividade para nossa produção. “Somente com a conclusão da pavimentação até os portos de Miritituba, conseguimos reduzir o custo do frete em 25%. A concessão agora é um segundo passo dessa estratégia. Vamos melhorar a qualidade do escoamento através da iniciativa privada. E isso também nos dá a oportunidade de focar recursos públicos onde não há atratividade para o investidor privado”, explicou.

Desconto no pedágio automático

Entre as obrigações contratuais, estão previstos serviços como atendimento médico de emergência, socorro mecânico, combate a incêndio, apreensão de animais na faixa de domínio, sistema de circuito fechado de TV, sistema de detecção de altura, sistema de pesagem e sistema de controle de velocidade. A proposta também traz as seguintes novidades:

– Desconto para o uso do pagamento automático (TAG) de 5% sobre a tarifa para todos que utilizarem o pagamento automático via TAG;

– Pontos de parada para caminhoneiros: Previsão da construção de dois pontos de paradas ao longo da rodovia que deverão ser implantados até o 12º mês da concessão. Tais pontos deverão ter 20 mil m², possibilitando atendimento aos caminhoneiros 24 horas por dia e 7 dias por semana, com edifício de pelo menos 200 m², contendo sanitários (inclusive para pessoas especiais), sala de descanso e estacionamento exclusivo com vagas para caminhões de menos 90 m²;

– Estabilidade tarifária e previsibilidade regulatória: Inserção de regra para estabelecer que a inclusão de obras e demais alterações contratuais serão concentradas em revisões quinquenais;

– Acordo Tripartite: Mecanismo facultativo capaz de oferecer maior segurança para os financiadores, que terão possibilidade de acesso direto às informações a respeito dos cumprimentos contratuais;

– Previsão de regras para o cálculo da indenização: Estabelecimento de regras para indenização em casos de extinção antecipada, identificando-se como prioridade o adimplemento dos interesses do poder concedente e dos usuários. Além disso, o mecanismo torna clara previamente a regra de indenização dos bens reversíveis não amortizados.

TCU recebe plano de concessão das BRs-163/230 em Mato Grosso e no Pará – © Divulgação: Ministério da Infraestrutura

© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
Publicidade

Publicidade

Redes sociais

107,379FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,125SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

NOITE AGITADA
Homem é baleado na perna por causa de suposta dívida em Lucas do Rio Verde
janeiro 25, 2022
VIOLENCIA EXTREMA
Cabeça de pessoa é encontrada próximo a container em Lucas do Rio Verde
janeiro 25, 2022
DIFÍCIL CONTROLE
Pra conter avanço da cigarrinha, produtores cogitam vazio sanitário para não comprometer safra de milho em MT
janeiro 25, 2022
Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde inicia agendamento para imunizar crianças de 10 e 11 anos sem comorbidades
janeiro 25, 2022