21.9 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 19 abril, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICOGOV-MTGoverno desenvolve ações emergenciais para socorrer profissionais da Cultura em Cuiabá

Governo desenvolve ações emergenciais para socorrer profissionais da Cultura em Cuiabá

Quase 200 projetos foram desenvolvidos na capital cuiabana em programas como Festival de Cultura, Edital de Literatura e Lei Aldir Blanc. Espaços culturais geridos pela Secel promoveram programações online para manter as pessoas em casa
Por CenárioMT

A cultura foi um dos setores mais penalizados pela pandemia da Covid-19, especialmente em Cuiabá, onde se concentra boa parte das atividades culturais do Estado, deixando muitos trabalhadores cuiabanos sem sua fonte de renda.

Para minimizar os impactos, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) não apenas desenvolveu ações emergenciais para o setor, como manteve seus espaços culturais com programações online, para evitar aglomerações.

Ações emergenciais como Festival Cultura em Casa, Edital de Literatura Estevão de Mendonça e Lei Aldir Blanc, em parceria com o governo federal, e programação remota como entrevistas com artistas e personalidades e transmissão de filmes e apresentações regionais, pelo Cine Teatro Cuiabá.

Ações emergenciais

Uma das primeiras ações desenvolvidas, foi o Festival Cultura em Casa, com transmissão via internet, em maio de 2020. Em Cuiabá, foram selecionadas 119 atrações, envolvendo 240 profissionais entre diretores e produtores, cada um recebendo entre R$ 700 e R$ 2 mil.

No Edital de Literatura Estevão de Mendonça, voltado a projetos literários (poesia, prosa, infantil, juvenil e revelação) e de fomento à leitura (contador de história, mediador de leitura, formação de mediadores e oficina literária). Em Cuiabá, foram investidos R$ 410 mil em 18 projetos – R$ 330 mil em 11 obras literárias e R$ 70 mil em sete projetos de fomento à leitura

Pela Lei Aldir Blanc, que foi a ajuda de custo do Governo Federal, com a avaliação das propostas e pagamento viabilizado pelo Estado, foram investidos R$ 11,4 milhões em 225 projetos cuiabanos, divididos em cinco editais reunindo literatura, festivais, mostras, exposições, seminários projetos inovadores em turismo, moda, arquitetura, games, gastronomia, arte, música e artesanatos, entre outras.

Os projetos foram divididos nas seguintes categorias: 41 para o Conexão Mestres da Cultura Marília Beatriz de Figueiredo Leite; 161 do MT Nascentes; 11 do Circuito de Mostras e Festivais, um do Conexão Cultura Jovem e 11 do MT Criativo.

Programação online

Todos os espaços culturais de Cuiabá geridos pelo Governo do Estado, por meio da Secel (Biblioteca Estevão de Mendonça, Casa Cuiabana, Cine Teatro Cuiabá, Galeria de Artes Lava Pés, Museu de Artes Sacras, Museu de História Natural Casa Dom Aquino e Museu Residência dos Governadores), mantiveram atendimento de forma remota.

Como o Cine Teatro Cuiabá, que logo no início da pandemia (março de 2020), já estava com sua programação online preparada. Desde então, transmitiu 714 eventos com média de 10 mil visualizações mensais.

Foram 45 entrevistas com artistas e personalidades da área pelo Instagram; 450 apresentações regionais e nacionais pela sua rede social; 196 filmes pelo canal Youtube, entre eles de diretores radicados em Cuiabá como Bruno Bini, Luiz Marchetti e Amauri Tangará; e 23 lives.

Em 2019, antes da pandemia, o Cine Teatro atraiu mais de 50 mil pessoas em 80 sessões de cinema e em 198 espetáculos de teatro, música e dança.

Neste mesmo período, a MT Escola de Teatro, que funciona no prédio do Cine Teatro, com 100 artistas graduados nas áreas de teatro, cinema, televisão e docência, desenvolveu suas atividades em ambiente virtual.

Seus 50 alunos do curso superior em Teatro, da turma 2019/2020, estudaram remotamente, com direito a auxilio digital para quem tem dificuldade de acesso à internet, com convidados de renome como Zé Celso Martinez, Tom Zé e Airton Krenac.

Esportes

Utilizada como espaço multiuso antes da pandemia, a Arena Pantanal foi palco, tanto em sua área externa quanto interna, de mais de 100 eventos em 2019, entre encontros acadêmicos, religiosos, esportivos e de lazer, como os projetos Tênis de Mesa e MT Mais Saudável, Circo Aster Máquinas e Arena Encantada.

No entanto, em 2020, com exceção do futebol profissional, todos estes projetos foram paralisados, com o espaço sendo utilizado como suporte para as ações do Governo do Estado de combate à pandemia, como o Centro de Triagem.

Sem torcedores, recebeu 38 partidas de futebol, incluindo as 19 disputadas pelo Cuiabá Esporte Clube pela Série B do campeonato brasileiro, que neste ano disputará a Série A, a partir do final de maio, colocando Cuiabá na rota do turismo esportivo.

Atletas selecionados de todas as categorias esportivas também recebem apoio financeiro, por meio do Projeto Olimpus, com o bolsa-atleta.

(*) Colaboração da assessoria de imprensa da Secel


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

SAÚDE
Mais dois moradores de Lucas do Rio Verde morrem por Covid-19
abril 19, 2021
Novos casos
Lucas do Rio Verde apresenta redução nos casos positivos de Covid-19
abril 18, 2021