23.2 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 25 julho, 2021
InícioCENÁRIO POLÍTICOGOV-MTGovernador e CEF assinam contratos para retomada e conclusão de 2,7 mil...

Governador e CEF assinam contratos para retomada e conclusão de 2,7 mil casas populares nesta quinta-feira (08)

R$ 15 milhões serão destinados para término das obras nos municípios de Várzea Grande, Sinop e Lucas do Rio Verde
Por CenárioMT

O governador Mauro Mendes assina nesta quinta-feira (08.07), às 10h30, o termo aditivo no valor de aproximadamente R$ 15 milhões aos contratos firmados com a Caixa Econômica Federal (CEF) para a retomada das obras e conclusão da construção de 2.794 unidades habitacionais nos municípios de Várzea Grande, Sinop e Lucas do Rio Verde.

O evento será transmitido ao vivo pelas redes sociais do Governo do Estado, aqui e aqui.

Também assinarão os documentos a superintendente de Rede da Caixa Econômica Federal (CEF) de Mato Grosso, Daiana Mabel Sarda, o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, e os prefeitos de Várzea Grande, Kalil Baracat, de Sinop, Roberto Dorner, e de Lucas do Rio Verde, Miguel Vaz Ribeiro.

O investimento de R$ 15 milhões, que é oriundo de recursos da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), será destinado para a execução dos projetos de saneamento básico necessários para o término das obras dos residenciais Colinas Douradas I e II, em Várzea Grande, Residencial Nico Baracat, em Sinop, e Residencial Vida Nova II, em Lucas do Rio Verde.

De acordo com o secretário Marcelo de Oliveira, o investimento de R$ 15 milhões a ser aplicado pelo Governo nos contratos já existentes, para viabilizar suas continuidades, atende a uma determinação do governador de promover políticas públicas habitacionais em prol do cidadão, principalmente nestes casos em que as obras foram contratadas há mais de uma década e que seguem impossibilitadas de serem entregues à população.

Serão destinados R$ 7,2 milhões para a conclusão dos residenciais Colinas Douradas I e II, que possuem 1 mil unidades habitacionais em Várzea Grande. As obras foram iniciadas em 2012 e estavam paralisadas em razão da necessidade de solução de saneamento. O contrato inicial firmado pelo Estado e a Caixa Econômica era no valor de R$ 56,3 milhões.

Já para a retomada do residencial Nico Baracat, em Sinop, serão aplicados R$ 5,5 milhões para o término das obras das etapas um a cinco do residencial, que possui 1.444 unidades habitacionais. O contrato inicial firmado pelo Estado e a CEF era no valor de R$ 93,6 milhões e as obras se arrastam desde 2013 devido a entraves relacionados ao sistema de tratamento de água e esgoto, que serão solucionados com os novos  investimentos do Estado.

Para as obras do residencial Vida Nova II, em Lucas do Rio Verde, serão repassados R$ 2,2 milhões para a conclusão de 350 unidades habitacionais. As obras foram contratadas em 2018 e, embora em andamento, teria sua continuidade inviabilizada sem o aporte de recursos que o Estado está realizando.

Todas as moradias a serem concluídas fazem parte do programa “Minha Casa, Minha Vida” e são destinadas a famílias que possuem baixa renda ou vivem em situação de vulnerabilidade e que não teriam condições financeiras de se enquadrarem em nenhum outro programa de financiamento. A estimativa é de que aproximadamente 11 mil pessoas serão beneficiadas com as novas moradias.

 

© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Lucas do Rio Verde

LUCAS DO RIO VERDE
Policiais prendem homem armado após tentativa de invasão a motel em Lucas do Rio Verde
julho 24, 2021
Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde: desrespeito às interdições pode comprometer qualidade de asfalto
julho 24, 2021