A Polícia Judiciária Civil confirmou à reportagem do CenárioMT o falecimento de uma mulher de 38 anos, que foi atingida por diversos golpes de faca na noite dessa segunda-feira (13), por volta das 19h00, na casa do suspeito no bairro Parque das Américas em Lucas do Rio Verde-MT.

De acordo com a polícia, a morte da vítima de feminicídio, ocorreu por volta das 20h45, quando a mesma recebia atendimento médico no hospital São Lucas.

Ela foi golpeada por diversas vezes pelo suspeito que é ex-namorado, um homem de 38 anos, que usou uma faca de cozinha para agredir a mulher.

A vítima estava morando em Lucas do Rio Verde há poucas semanas e de acordo com informações apuradas pelo CenárioMT, teria conhecido o suspeito pela internet. Depois de algum tempo juntos, ela se separou do agressor, que não aceitava a separação.

A mulher era natural da cidade de Toledo no estado do Paraná, onde residem os familiares. A vítima não tinha outros parentes em Lucas do Rio Verde.

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na Polícia Civil e confeccionado pela Polícia Militar, a mulher, na noite de segunda-feira (13) foi até a casa do ex-namorado. A mãe do agressor contou à polícia que o homem ao ver a vitima, ficou transtornado e de posse de uma faca, desferiu diversos golpes contra a vítima. O caso é tratado como feminicídio.

As agressões iniciaram dentro da residência, porém a vítima conseguiu sair, caindo em meio a rua Machado de Assis, bairro Parque das Américas.

A mãe do suspeito, ao tentar impedir as agressões, foi jogada pelo próprio filho contra o chão, ocasionando lesão em sua cabeça e no braço.

Uma unidade do Corpo de Bombeiros socorreu e encaminhou para a unidade hospitalar.

De acordo com os militares, o quadro clínico da vítima era crítico com hemorragia e instabilidade.

“Inúmeras lesões por arma branca na região da coluna lombar. Hemorragia severa. Choque hipovolemico, confusão mental, desorientada, possível hemorragia interna. Hipotermia 34.5 Graus. O choque hipovolêmico ocorre quando o paciente tem uma perda acentuada de sangue”, salientou um militar do Corpo de Bombeiros.

Porém, após diversas manobras com o objetivo de estabilizar a vítima, os médicos contataram a morte.

O suspeito foi preso no mesmo instante pela Polícia Militar, juntamente com a faca utilizada para praticar as agressões contra a ex-namorada.

O homem deve ser interrogado nesta terça-feira (14) pelo delegado Daniel Santos Nery.

 

Como denunciar violência doméstica

O serviço do governo federal, ligue 180, é gratuito e anônimo e passa informações sobre os locais que estão abertos mais próximo da vítima. As delegacias estão em regime de plantão e prioriza o atendimento às mulheres.