30.5 C
Lucas do Rio Verde
segunda-feira, 14 junho, 2021
InícioECONOMIAEstabilidade da construção civil atrai multinacional para Mato Grosso

Estabilidade da construção civil atrai multinacional para Mato Grosso

Por Assessoria GPE Prime

Os últimos dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam o Centro-Oeste como a mais estável e em crescimento no setor da construção civil. Mato Grosso é o estado que mais tem se destacado, com registro de 6,63% de alta no último levantamento do Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi). Os números têm cativado grandes construtoras a empreenderem na região.

Uma das apostadoras no mercado mato-grossense é a multinacional GPE Prime, que chegou em Cuiabá no início de 2018 com foco nas áreas comercial e habitacional. Dentre os principais campos de atuação estão obras residenciais e para o setor público corporativo como, shopping centers, lojas, hotéis e fábricas, por exemplo.

De acordo com o gerente de conta da empresa, Jenner Augusto Neto, o grande crescimento da construção civil brasileira, influenciado principalmente pela copa do mundo de 2014, fez com que a GPE olhasse para o Brasil, especialmente para região Centro-Oeste. “Nossa atuação está em Portugal, Angola e Moçambique. O grande ‘boom’ da construção civil no Brasil fez com que olhássemos diferente pra cá e decidimos iniciar nossa atuação no centro país. Nosso foco é atuar 80% no setor comercial e 20% no setor habitacional, que também apresentam atrativos para investimentos”, detalha.

A construtora aposta tanto em Mato Grosso, que já tem inclusive sede fixa na capital. Localizada na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, a empresa destaca-se pela qualidade dos serviços executados e cumprimento real do prazo acordado com o cliente. A GPE Prime já realizou projetos em Cuiabá, como a última e mais moderna revitalização do Pantanal Shopping. Outra construção é o Parque do Barbado, que segue em andamento, também de responsabilidade da multinacional.

Em razão da alta capacidade de planejamento dos processos administrativos e financeiros, a crise econômica que mexeu com o Brasil nos últimos três anos não gerou grandes impactos na construtora que cresceu cerca de 30% em seis anos. “Embora a crise tenha atrapalhado os diversos setores que aquecem a economia brasileira, nós conseguimos manter nosso faturamento em crescimento. Dando passos curtos, porém contínuos e garantindo qualidade no nosso planejamento administrativo”, afirma Jenner Augusto.


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Concurso cultural junino premiará poesias, fotos e desenhos em Lucas do Rio Verde
junho 14, 2021
PODER LEGISLATIVO
Com pauta cheia, Câmara de Lucas do Rio Verde aprova RGA e nome definitivo ao Bom Jesus
junho 14, 2021