11.9 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 30 julho, 2021
InícioMATO GROSSODoações de sangue caem 40% em Mato Grosso durante pandemia

Doações de sangue caem 40% em Mato Grosso durante pandemia

Por OLHAR DIRETO

Com pandemia do coronavírus, as doações de sangue em Mato Grosso caíram cerca de 40%. A campanha Junho Vermelho, realizada este mês por instituições públicas e privadas da área da saúde, busca conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue. A ação ganha ainda mais relevância no contexto da pandemia, já que, por medo, muitas pessoas deixaram de fazer o procedimento.

É o que explica a diretora do MT Hemocentro, Gian Carla Zanella. Em entrevista para a TRT FM 104.3, emissora de rádio do Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso, ela conta que a queda foi de quase 40% na comparação entre 2020 e 2019.

Zanella fala das medidas que o MT Hemocentro vem adotando para dar mais segurança a quem deseja doar, como a possibilidade de acompanhar os estoques de cada tipo sanguíneo online e o tempo de resguardo para quem teve covid-19 ou tomou vacina para a doença.

“De 2019 para 2020 houve uma queda de 37% no número de pessoas que procuraram o banco de sangue para fazer doações.  Agora percebemos que houve uma diminuição maior porque muitos, principalmente do grupo de risco, estão com receio de ir ao banco de sangue devido à pandemia”, contou.

Ela também explica sobre a campanha Junho Vermelho. “Em todo território brasileiro houve uma diminuição do número de doadores, havendo necessidade de fortalecimento. O Junho Vermelho é uma campanha bastante especial porque é no mês do Dia mundial do doador de sangue, comemorado em 14 de junho. Durante a campanha muitos órgãos públicos e privados buscam fazer parceria conosco para que seus colaboradores se solidarizem com toda a população. Esse ato voluntário e altruísta é fundamental! Essas parcerias com as instituições são fundamentais para que continuemos com os doadores de repetição, que são aqueles que vem sempre e são fundamentais para que a gente consiga manter os estoques de sangue necessários. Essas campanhas maiores também trazem novos doadores que, ao doar uma vez, podem se tornar doadores de repetição, que são muito importantes para o país. Os homens podem doar de dois em dois meses e as mulheres de três em três”, acrescenta.

Para doar sangue, pode ser feito um agendamento pelo site. “Nele dá para verificar o estoque de sangue e ver se está no nível estável ou crítico. Isso é importante porque, por exemplo, se sou B+ vejo que o meu tipo de sangue está com estoque estável, posso esperar um pouco mais para doar. Fazer uma coleta de sangue direcionada a esses dados é fundamental.  E outra facilidade para o doador é o fato das pessoas mesmo poderem agendar vendo a disponibilidade de dias. O sistema pode ser acessado por este link via navegador de qualquer dispositivo que possua conexão com a internet (celular, tablet, computador e notebook) ”, pontua Gian Carla.

A sede do MT Hemocentro está localizada na Rua 13 de junho, 1.055, Cuiabá, Centro Sul. O funcionamento regular da unidade ocorre de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30.

Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso.
- Publicidade -

Lucas do Rio Verde

VACINAÇÃO CONTRA COVID-19
“Vão ter que esclarecer no MP”, diz secretária sobre pessoas que tomaram dose extra de vacina em Lucas
julho 29, 2021
SAÚDE
Lucas do Rio Verde volta registrar óbito em decorrência da Covid-19
julho 29, 2021