Depois de capturar foragido, Rotam identifica galpão com carreta e semi-reboques adulterados

A ação policial foi possível depois da captura na semana passada de um dos maiores ladrões de carreta do país.

0
Veículos estavam todos adulterados - Foto por: PMMT

Depois de cinco dias de trabalho intenso, equipes da Rotam localizaram nesta segunda-feira (13.07), o galpão usado para esconder carretas e cargas roubadas. A ação policial foi possível depois da captura na semana passada de um dos maiores ladrões de carreta do país.

No imóvel, os policiais identificaram uma carreta e quatro semi-reboques – todos com os chassis adulterados, no bairro Parque Del Rei, em Várzea Grande.


-Continua depois da publicidade ©-

Os policiais continuavam a diligência na busca do local onde o criminoso escondia os produtos roubados. Por meio de uma denúncia, o local foi identificado e os militares recebidos por uma mulher que autorizou a vistoria.

Durante o trabalho de verificação foi possível observar evidentes sinais de adulteração no chassi de uma carreta e nos quatro semi-reboques. Com a descoberta, foram acionados agentes do Batalhão de Trânsito e da Delegacia de Roubo e Furtos de Veículos Automotores.

A mulher que recebeu os policiais alegou que mora no local com o marido. Dentro da casa, os policiais encontraram um revólver calibre 32 e nove antenas usadas para bloquear sinal de veículo. Ela foi encaminhada à delegacia por porte ilegal de arma de fogo. O marido foi identificado, mas não estava durante a ação policial.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Leia também: Resultado das loterias de hoje (23/09/2020)


Amazonia 03 de Junho