25.8 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 29 outubro, 2020
Início MATO GROSSO CUIABÁ Semob esclarece desligamento de radares para instalação de semáforos

Semob esclarece desligamento de radares para instalação de semáforos

Por ANDRÉ GARCIA SANTANA

Os sistemas possuem contratos distintos e que há informações equivocadas acerca das duas situações

A Prefeitura de Cuiabá esclarece que o sistema utilizado nos recém-instalados semáforos inteligentes não tem nenhuma ligação com o de radares. Por questões técnicas os aparelhos de fiscalização foram desligados durante o trabalho de implantação dos semáforos.

O contrato para aquisição e implantação de sistema inteligente de temporização e controle remoto no trânsito de Cuiabá, passa por auditoria do Tribunal de Contas de Estado (TCE). O procedimento é realizado pela Secretaria de Controle Externo (Secex) de Administração Municipal do órgão.

De acordo com o titular da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), Antenor Figueiredo, durante este período não houve pagamento à empresa responsável pela execução. Ele reforça que os sistemas possuem contratos distintos e que há informações equivocadas acerca das duas situações.

“Alguns radares foram desligados por uma razão técnica, do setor de engenharia. Como não houve pagamento, o erário não sofreu nenhum prejuízo. Nós contestaremos os achados levantados pelo TCE e vamos responder com toda transparência a todos eles, conforme prevê a legislação”, diz o secretário.

Antenor destaca que os apontamentos feitos pelo TCE não dizem respeito à conduta da Prefeitura, mas sim à forma de contratação dos dois sistemas.

Os semáforos

A Prefeitura de Cuiabá iniciou a instalação dos semáforos inteligentes nas principais avenidas da Capital em fevereiro de 2018.  O sistema semafórico é autossuficiente no monitoramento do fluxo de veículos. Aliado ao funcionamento dos equipamentos, um centro de controle do trânsito será instalado, acompanhando a trafegabilidade nas faixas por meio de câmeras.

“Vale ressaltar que elas não possuem nenhum propósito punitivo e não serão usadas para sinalizar infrações de trânsito. Seu objetivo é supervisionar gargalos e operar de maneira inteligente na sua desobstrução. Sem qualquer necessidade intervenção humana, teremos uma aparelhagem de altíssima tecnologia, que reflete positivamente na rotina do cidadão.

 

 

 



© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas

Risco de automedicação deve ser divulgado nas farmácias e drogarias de Mato Grosso

Para alertar a população sobre riscos da automedicação, a Assembleia Legislativa estuda a aprovação do Projeto de Lei 874/20, de autoria do presidente da...

Colisão entre motocicleta e ônibus deixa mulher ferida em Lucas do Rio Verde

Uma colisão envolvendo uma motociclista e um ônibus de transporte urbano, deixou uma mulher com ferimento grave na perna direita. O acidente aconteceu na...