20.7 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 12 junho, 2021
InícioMATO GROSSOCUIABÁSecretaria Municipal de Saúde divulga o 17º Informe Epidemiológico de 2021 sobre...

Secretaria Municipal de Saúde divulga o 17º Informe Epidemiológico de 2021 sobre a Covid-19

A edição leva em consideração os casos registrados de 14 de março de 2020 até 05 de junho de 2021
Por CenarioMT

Em 05 de junho de 2021, o Brasil acumulava 16.907.425 casos confirmados de Covid-19 e 472.531 mortes. Nesta mesma data Mato Grosso registrava 413.256 casos confirmados e 10.957 óbitos.

Indicadores recentes, apontam para o recrudescimento da pandemia no país. Apesar da estabilização das taxas de mortalidade, entre 16 a 22 de maio, foi observado o aumento das taxas de incidência de Covid-19 e intensa circulação do vírus Sars– CoV-2. O crescimento das taxas de ocupação dos leitos de UTI, é resultado desse novo quadro da pandemia no Brasil.

As taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no SUS aumentaram ou se mantiveram estáveis, em níveis elevados, em praticamente todo o país, entre 17 e 25 de maio, reforçam a preocupação com a possibilidade de piora, mais uma vez, no quadro geral da pandemia no Brasil e na capacidade de resposta do sistema de saúde. No Centro-Oeste, os três estados e o Distrito Federal apresentaram pioras nas taxas de ocupação, com todos na zona de alerta crítico, sendo que em Mato Grosso aumentou de 80% para 87%. Dez capitais, entre elas Cuiabá (83%), estavam na zona de alerta crítico, com taxas superiores a 80% e inferiores a 90%.

Desde o registro dos primeiros casos em Cuiabá, a Secretaria Municipal de Saúde, com apoio de pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso, publica semanalmente o Informe Epidemiológico sobre a Covid-19, com o objetivo de monitorar o padrão de morbidade e mortalidade e descrever as características clínicas e epidemiológicas dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG pelo SARS-Cov-2 em residentes no município de Cuiabá. Dando continuidade à divulgação de informações sobre a Covid-19 em Cuiabá, esse é o 55º informe produzido, no qual apresentamos as informações desde a data da notificação do primeiro caso em Cuiabá até a 22ª Semana Epidemiológica (SE), compreendendo o período de 14 de março de 2020 a 05 de junho de 2021.

Destaques do período de 14 de março de 2020 a 22 de maio de 2021

– Foram registrados 87.461 casos de Covid-19 residentes em Cuiabá, 94,4% recuperados; 8.053 internações e 2.915 mortes. Nas duas últimas semanas (SE 21 e SE 22) foram notificados 1.616 casos, 232 internações e 69 óbitos.

– A média de casos das duas últimas semanas (808 casos/semana) foi discretamente menor às duas semanas anteriores (880), indicando estabilidade, mas ainda em níveis elevados. Entretanto, a média de casos/semana em 2021 (1.879,5) é muito maior que em 2020 (1.072,4).

– O número de mortes nos primeiros meses de 2021 (1.706) é maior que o ano de 2020 (1.191).

– A taxa de incidência é mais elevada entre 30 e 39 anos, contudo as taxas em crianças, adolescentes e jovens de 20 a 29 anos foram as que mais cresceram desde a 02 de janeiro de 2021 – 125,2%; 146,5%; e 99,3% respectivamente, evidenciando aumento superior do risco de infecção nesses grupos etários quando comparado com os demais.

– A média de idade dos pacientes internados em 2020 era de 56,2 anos de idade e em 2021 foi de 54,7 anos. Entre aqueles que foram a óbito a média de idade em 2020 foi de 66 anos e em 2021 de 62 anos, indicando o rejuvenescimento da epidemia na capital.

– Entre os pacientes internados com evolução do caso, 41,5% dos idosos, 56,6% dos adultos, e 1,9% das crianças e adolescentes foram a óbito.

– Entre os pacientes residentes em Cuiabá internados por Covid-19 e que vieram a óbito, 91,9% ocuparam leitos de UTI e 63,0% estiveram em leitos de UTI desde o momento da internação.

– A partir de dezembro de 2020 se tem registrado o aumento de mortes, e esse padrão persistiu nos quatro primeiros meses de 2021. O número de óbitos semanais no período de 14 de março a 24 de abril de 2021 (SE 11 a 16) apresentou quantitativo maior ao observado no pico de mortes do ano de 2020 (SE 27 a 29 – 28 de junho a 18 de julho de 2020). Apesar da tendência de redução no número de óbitos no mês de maio SE 18 e 21 (02 a 29 de maio de 2021), ainda há um quantitativo de óbitos elevado, com 32 e 37 óbitos, respectivamente, nas SE 21 e 22 (23 de maio a 05 de junho de 2021).

– Houve declínio do número de internações no mês de maio, entretanto em 05 de junho observamos aumento das taxas de ocupação de leitos de UTI adulto e de enfermaria quando comparadas com as taxas em 22 de maio.

 


© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

Lucas do Rio Verde
Estrutura esportiva de Lucas do Rio Verde é destaque durante competição de futsal
junho 12, 2021
COPA DO BRASIL DE FUTSAL
Equilibrado, confronto entre G.Santos x Juventude é decidido nos últimos segundos da prorrogação
junho 12, 2021