Pré-Conferências que antecedem a 13ª Conferência Municipal de Saúde entram na reta final

0

O Conselho Municipal de Saúde (CMS) de Cuiabá realiza as últimas Pré-Conferências Regionais de Saúde nesta semana. Das nove etapas instituídas para acontecer nas quatro regionais urbanas e em mais cinco rurais, restam apenas a 8ª na rural Guia/ Aguaçu que acontecerá na quinta-feira (28), das 7h30 às 10h30 e a 9ª na urbana Leste, que ocorrerá no sábado (30), das 8h às 18h.

Os fóruns de debates fazem parte da preparação para a 13ª Conferência Municipal de Saúde que será realizada em abril e objetivam nortear as políticas públicas em Saúde para a Capital nos próximos dois anos. Guiados pela temática federal “Democracia e Saúde: Saúde Como Direito, Consolidação e Financiamento do SUS”, da abertura ocorrida em 09 de março até esta segunda-feira (25), mais de 660 pessoas entre usuários do Sistema Único Saúde (SUS), trabalhadores, gestores, prestadores de serviços e membros do governo participaram dos debates.

Entre as principais propostas colhidas nas áreas urbanas estão o fortalecimento da Atenção Básica, ampliação da participação social, modelo de atenção, planejamento e financiamento do SUS, valorização do trabalho e educação em saúde.

Nas etapas rurais, as principais proodicoes foram a aquisição de veículos traçados para que os profissionais de saúde possam fazer atendimentos nas comunidades mais distantes da área de abrangência dos PSF e a aquisição de ambulância 24 horas, equipadas e com profissionais para dar suporte adequado às urgências e emergências. Também foram sugeridas mais unidades do Programa Consultório Itinerante e ou, implantação de mais Programas de Saúde da Família em locais com aumento populacional e a taxação do agronegócio em prol da Saúde Pública de Cuiabá.

As propostas retratam, segundo o conselheiro e coordenador da 13ª Conferência Municipal em Saúde, Júlio Cezar Garcia, o papel democrático importante para a formação de opinião de onde emerge a vontade do povo visando influenciar na agenda pública da Saúde em todos os níveis.  

“As pré-conferências são espaços democráticos, onde as pessoas podem apontar falhas e soluções para os problemas do Sistema. Qualquer um pode participar, dando opinião, criticando e sugerindo. E quanto mais o cidadão cumpre o seu dever de participar, mais ele amplia a possibilidade de usufruir dos seus direitos”, finalizou o conselheiro.

 

 

 

 

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (03/08/2020)


Amazonia 03 de Junho