18.1 C
Lucas do Rio Verde
domingo, 25 julho, 2021
InícioMATO GROSSOCUIABÁInforme Epidemiológico aponta que taxa de contaminação, internação e óbitos por Covid-19...

Informe Epidemiológico aponta que taxa de contaminação, internação e óbitos por Covid-19 em idosos apresenta redução

Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que realiza levantamento epidemiológico a cada 15 dias
Por CenarioMT

Em Cuiabá, a maior cobertura vacinal foi em pessoas com idade superior a 70 anos. Nesta faixa etária, já foram imunizados 86.6% com a primeira dose e 71.4% com a segunda dose.

Na medida em que aumentou a imunização no grupo prioritário dos idosos, houve redução da taxa de contaminação da Covid-19, que saiu de 14,3% para 13,4% e internação, de 44,4% para 38,3% nos últimos seis meses. Nos casos das mortes de idosos pela doença, o percentual saiu de 69,5% para 63,7%. A imunização na Capital começou em janeiro deste ano e, teve como alvo, pessoas acima de 60 anos, profissionais da saúde e portadoras de comorbidades diversas. Os dados constam no Informe Epidemiológico, compilado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde e a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O levantamento contempla o período de 6 a 19 de junho.

Segundo o informe, “foi verificado queda na mortalidade proporcional e no risco de morte para esse grupo, sendo a maior redução no grupo de 80 anos e mais. A redução nos indicadores de mortalidade na capital pode ser atribuída à vacinação”.

Outra informação do Informe é um declínio da imunização da segunda dose. E, neste sentido, consta que cerca de 20% dos trabalhadores de saúde que receberam a 1ª dose não retornaram para a 2ª dose.

Sobre este tema, a gerente de Vigilância em Doenças e Agravos Transmissíveis do Município, Flavia Guimarães, explica que as ausências destes profissionais se devem ao fato de não ter chegado a data de aplicação da segunda dose.

“O declínio da segunda dose aplicada está relacionado ao prazo de 90 dias entre as duas doses, tanto para a vacina Astrazeneca quanto da Pfizer. Como não estamos no período da segunda dose teve esse declínio na vacinação deste grupo”, explicou.

O Informe Epidemiológico é feito a cada 15 dias para acompanhar ritmo de contaminação, internação e imunização.  Em Cuiabá, desde o início da pandemia, em março de 2020, foram registrados 92.434 mil casos de Covid-19 de residentes da capital. Deste total, 87.725 mil pessoas se recuperaram da doença. Ao todo, 3.024 mil pessoas morreram. Os dados são referentes aos registros até o último sábado (26).

O prefeito Emanuel Pinheiro, tem buscado junto às lideranças federais, o envio de doses extras para imunizar a população cuiabana. “Acredito que só vamos superar este momento difícil de pandemia quando a maioria da população estiver imunizada. Por isso, eu tenho buscado aumentar o envio de doses para nossa capital junto ao Governo Federal. As equipes que estão atuando na imunização realizam um trabalho extraordinário de atendimento ao público prioritário”, enfatizou o prefeito.

Em Cuiabá, há cinco polos de vacinação: Senai Porto, Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Sesi Papa, Sesc Balneário e Assembleia Legislativa.

 

© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Lucas do Rio Verde

LUCAS DO RIO VERDE
Policiais prendem homem armado após tentativa de invasão a motel em Lucas do Rio Verde
julho 24, 2021
Lucas do Rio Verde
Lucas do Rio Verde: desrespeito às interdições pode comprometer qualidade de asfalto
julho 24, 2021