20.9 C
Lucas do Rio Verde
terça-feira, 15 junho, 2021
InícioMATO GROSSOCUIABÁCom apoio da Prefeitura, Rally Ecológico distribuirá cestas básicas e plantará mudas...

Com apoio da Prefeitura, Rally Ecológico distribuirá cestas básicas e plantará mudas de árvores

Por ANDRÉ GARCIA SANTANA

Conscientização ambiental e ações sociais nortearão o percurso do Rally Ecológico Cuiabá 300 Anos, que acontece às vésperas do tricentenário da Capital. Unindo esporte, turismo, lazer e aventura, a disputa vai beneficiar cerca de 100 famílias com arrecadação de cestas básicas e promover o plantio de mudas de árvores nativas na região do Coxipó do Ouro. A realização do evento é fruto de parceria entre a Prefeitura de Cuiabá, a Cronorally e Bridgestone/Sena Pneus.

Na última semana os organizadores André Godinho e Haroldo Pires se reuniram com o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, para definir os detalhes da ação. No encontro foram estabelecidos a data e o local para o lançamento oficial do Rally: dia 7 de dezembro, às 18h, na Orla do Porto. Ali pilotos, navegadores e parceiros do projeto, participarão de uma exposição de veículos.

“Vamos abrir oficialmente as comemorações do tricentenário da nossa Capital, resgatando esse importante evento esportivo. É uma iniciativa que soma a outras dezenas de intervenções culturais, religiosas, históricas e de infraestrutura, fazendo alusão à data. Todos estes esforços vão ao encontro da proposta do prefeito, Emanuel Pinheiro, que deixará um legado de transformação para as próximas gerações”, explicou Vuolo.

De acordo com os membros da comissão organizadora, qualquer carro em boas condições e motos off-road poderão participar do Rally. Para isso, basta que os interessados acessem o site www.cronorally.com.br a partir do dia 3 de dezembro, quando serão abertas as inscrições. A largada será dada no dia 30 de março, também na Orla do Porto, em Cuiabá, e chegada acontece na Aldeia Outdoor Sports, no Km 14 da rodovia MT 010.

O compromisso com a sustentabilidade é reforçado com o mapeamento da emissão de dióxido de carbono (C02), principal responsável pelo efeito estufa, durante a competição. Para que a compensação seja feita, profissionais levantarão dados sobre a queima de combustível, fóssil e gás, liberada durante o dia da prova, consumo de energia elétrica, produção de resíduos e descarte de material gráfico.

Esta contagem inclui ainda a distância percorrida por todos os inscritos na trilha. Sendo assim, a equipe contabilizará os dias de montagem, realização e desmontagem do evento e, após aferir os dados, todos serão inseridos em uma calculadora de carbono equivalente, que converterá o resultado em número de árvores plantadas. As mudas de espécies nativas serão distribuídas ao longo do percurso da prova.

“Além de todo o contexto ecológico, a escolha da região do Coxipó do Ouro para receber as mudas não poderia ser mais acertada para a ocasião. A comunidade está diretamente ligada ao surgimento de Cuiabá e é um dos pontos de maior simbolismo para a nossa história”, finaliza o secretário adjunto de Esporte, Edilson Odilon.


Rebeca Moraeshttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT, escreve diariamente as principais notícias que movimentam o cotidiano das cidades de Mato Grosso.
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

INFRAESTRUTURA
Lucas do Rio Verde: “Projeto vem dar mais dignidade aos nossos caminhoneiros”, diz Albieri
junho 15, 2021
Lucas do Rio Verde
Concurso cultural junino premiará poesias, fotos e desenhos em Lucas do Rio Verde
junho 14, 2021