33.7 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 25 novembro, 2020
Início MATO GROSSO LUCAS DO RIO VERDE Covid-19: consórcio de saúde Vale do Teles Pires faz aquisição de quase...

Covid-19: consórcio de saúde Vale do Teles Pires faz aquisição de quase 70 mil kits para detecção do vírus

O valor pago pelo consórcio foi de R$ 17 por unidade, enquanto que outros estados pagaram até R$ 199 por unidade, 11 vezes mais caro
Por CENÁRIO MT/Assessoria

Uma compra de 67.250 kits para a detecção da Covid-19 garantiu ao Consórcio Público de Saúde Vale do Teles Pires a melhor compra de Mato Grosso e de vários estados brasileiros.

O valor fechado pela entidade foi de R$ 17 por unidade. Em uma tabela divulgada pelo Governo do Estado, mostrou que a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso, pagou R$ 17.83, R$ 0,83 a mais, por unidade. Foram comprados 400 mil kits.

O presidente do Consórcio de Saúde, prefeito de Itanhangá, Edu Pascoski, ressaltou que a aplicação eficiente dos recursos públicos é a meta do consórcio, que representa mais de 500 mil habitantes em 15 municípios.

“Infelizmente, não temos os recursos que necessitamos para investir em saúde, por isso, é preciso buscar o melhor produto, pelo melhor preço. Só temos que agradecer aos prefeitos e secretários de Saúde, por confiarem no consórcio, e aos colaboradores, pelo empenho no trabalho. Essa é uma vitória de toda a sociedade.”

Foram investidos mais de R$ 1.1 milhão na compra dos testes, que devem chegar nos próximos sete dias. Os testes, essenciais para a detecção do novo coronavírus, serão distribuídos entre os municípios consorciados.

Em relação aos outros estados, a economia é mais significativa ainda. O Governo do Estado da Bahia pagou R$ 55 por unidade, três vezes mais do que o consórcio e o Governo do Maranhão, R$ 199, por unidade, 11 vezes mais.

De acordo com o presidente, é preciso que a sociedade acompanhe e participe da administração pública, por meio das audiências de prestação de contas e portais de transparência.

“Parabéns ao Governo de Mato Grosso, que em comparação a outros estados ainda conseguiu efetuar uma compra muito vantajosa. Pena que essa não foi a realidade de todo o País. Mas a população, precisa participar mais.”

O Consórcio Público de Saúde Vale do Teles Pires é formado por 15 municípios da Região Médio-norte. O objetivo é fazer a gestão compartilhada dos recursos destinados a saúde.

Fazem parte do grupo, os municípios de Sorriso, Sinop, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Tapurah, Itanhangá, Ipiranga do Norte, Santa Rita do Trivelato, Vera, Santa Carmem, União do Sul, Nova Maringá, Cláudia, Nova Ubiratã e Feliz Natal.



- Publicidade -

Últimas

Indígena que matou esposa menor de idade é autuado em flagrante em Mato Grosso

Um indígena responsável pela morte de sua companheira, também indígena e menor de idade, foi autuado em flagrante pela Polícia Civil na tarde de quarta-feira...

Lucas: Comissão de Reordenamento de Matrículas define estratégia para que nenhum aluno fique fora da escola

Membros da Comissão de Reordenamento de Matrículas das Escolas Públicas de Lucas do Rio Verde estiveram reunidos na semana passada, no Paço Municipal, para...

Deputado homenageia servidores da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes

Os servidores da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC) de Cuiabá (MT), nesta terça-feira (24),...

Autor de roubo tem prisão cumprida pela Polícia Civil em Poconé

A Polícia Civil de Poconé (104 km ao sul de Cuiabá) cumpriu, na terça-feira (24.11), o mandado de prisão preventiva contra um homem considerado...
Publicidade
x