18.9 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 06 maio, 2021
InícioMATO GROSSOChow Chow usada como reprodutora para a venda de filhotes em MT...

Chow Chow usada como reprodutora para a venda de filhotes em MT é resgatada desnutrida e doente

Por G1 MT

Uma cadela da raça Chow Chow foi resgatada nessa sexta-feira (9), no Bairro Dom Aquino, em Cuiabá, com sinais evidentes de maus-tratos. Ela e outro animal da mesma raça haviam sido abandonados na rua. O dono deles foi identificado.

Ela está com desnutrição, carrapatos, pulgas, doenças de pele e, depois do resgate por voluntários do projeto Lunaar, está internada e passa por exames.

A associação que fez o resgate afirma ter recebido uma denúncia de que um casal da raça Chow Chow havia sido abandonado pelo tutor que os utilizava como reprodutores, para vender os filhotes.

No local, durante o resgate, que foi acompanhado por equipes da Secretaria do Bem Estar Animal de Cuiabá e da Delegacia do Meio Ambiente (Dema), o dono alegou que cuidava dos animais e que eles não tinham sido abandonados.

A assessora jurídica do Projeto Lunaar, Carla Fahima, disse que o argumento dele não tem sentido, já que os animais estavam na rua, rasgando sacolas de lixo em busca de comida.

Segundo ela, só foi possível resgatar a fêmea e que o dono colocou o macho às pressas no carro e saiu do local.

“Mas o estado clínico aparente dele estava melhor que o dela”, disse.

Para os voluntários, a suspeita é de que a fêmea esteja com doença do carrapato, anemia e até mesmo leishmaniose ou cinomose.

Os órgãos competentes estão tomando todas as medidas cabíveis para a responsabilização do tutor.

Os resultados dos exames aos quais ela está sendo submetida devem comprovar os maus-tratos.

Em um post nas redes sociais do Projeto Lunaar, os voluntários dizem que já resgataram vários animais de raça, muitas fêmeas inclusive, que eram usadas somente como matrizes, e assim que perdem a utilidade (de reproduzir), “são descartadas como lixo”.

“Infelizmente, a grande demanda de compra, faz ter tantas pessoas interessadas em criar animais somente com essa função: lucrar”, diz.

A melhor forma de coibir esses tipos de crimes é denunciando, afirma.

A fêmea está internada em uma clínica veterinária.

A conta hospitalar será paga com doações feitas ao projeto, que atende centenas de animais resgatados e ajuda a encontrar um lar para eles.


Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

PRIMEIRO ESCALÃO
Por motivos pessoais, Franz deixa Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Lucas do Rio Verde
maio 06, 2021
COVID-19
Prefeito de Lucas explica flexibilização do novo decreto: ‘Saímos de risco muito alto, para risco alto’
maio 06, 2021