Casal de Lucas do Rio Verde fará experiência missionária no Amazonas

0

O casal Paulo Cesar Cerutti e Rosângela Cerutti, da Diocese de Diamantino (MT), Regional Oeste II, farão uma experiência missionária em Coari, no Amazonas. Confira a entrevista feita pelas POM (Pontifícias Obras Missionárias) com o casal, falando sobre suas motivações e expectativas para viver essa experiência.

Qual a experiência que vocês têm de participação na Igreja?

Somos da cidade de Lucas do Rio Verde (MT), e pertencemos a comunidade Santa Rita de Cássia, Paróquia Rosa Mística. Há algum tempo, o Pe. Antonio Niemiec, secretário da Pontifícia União Missionária, esteve em Cuiabá em um curso de formação no SEDAC (CNBB) e na oportunidade conversamos com ele sobre o desejo de nos colocarmos à disposição para uma experiência missionária no Amazonas. Pe. Antônio nos animou e orientou, passou nossos contatos para Dom Marek Marian Piatek, Bispo da Diocese de Coari – AM, o qual entrou em contato conosco. Conversamos com nosso pároco Pe. Andre L. Marana e nosso bispo Dom Vital Chitolina, onde, durante o Sínodo da Amazônia este, conversou com Dom Marcos e acertaram nossa ida a Coari (AM).

Nosso envolvimento com projetos missionários começou em 2009, quando teve início na Diocese o Projeto das Santas Missões Populares, onde tivemos e experiência de uma nova forma de ver o papel do leigo na Igreja. Sou coordenador do COMIPA, minha esposa e eu fazemos parte do COMIDI e ela é também secretária executiva do COMIRE. Somos catequistas e ministros da Sagrada Eucaristia. Também sou coordenador da nascente Comunidade Sta. Rita de Cássia.

A missa de envio será presidida por Dom Vital no dia 8 de março de 2020, na Igreja Matriz N.S da Rosa Mística, aqui em Lucas do Rio Verde (MT). Nossa partida para Coari será dia 10 de março de 2020, onde permaneceremos por um período de seis meses, com a possibilidade de renovação para mais seis meses. Será uma experiência nova para nós e também para a nossa Diocese.

O que motivou o desejo de fazer uma experiência de missão na Amazônia?

Como relatado acima, a partir do projeto das Santas Missões Populares, começamos alimentar esse desejo de missão ad gente, além disso temos na nossa paróquia as missionárias do Instituto Secular Sagrado Coração de Jesus, sob a condução da Missionária Nelma Nazaré de Assis, a qual fomenta e desperta os trabalhos missionários na paróquia de diocese. E com o contato com Pe. Antônio e Pe. Maurício, como relatado anteriormente, tivemos as orientações e ânimo necessários para que nosso desejo tornar-se realidade.

 Quais as expectativas para essa missão?

Esta pergunta também feita pelo Bispo Dom Marcos da Diocese que nos acolherá. Vamos de coração aberto e com disponibilidade para o serviço, seja qual for. Principalmente conhecer as realidades e estarmos próximo das pessoas. Temos certeza que iremos receber muito mais do que poderemos doar de nós. Por outro lado, somos advogados e minha esposa também tem formação em enfermagem e, se necessário, nos colocamos à disposição nos trabalhos aos quais temos formação profissional. Esperamos humildemente que, com nossa ida, abra caminhos e anime mais leigos de nossa Diocese à colocar-se a disposição para a missão.

Paciente internado em MT não possui suspeita de Coronavírus

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (04/08/2020)


Amazonia 03 de Junho