27.9 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 15 maio, 2021
InícioMATO GROSSOCasal de idosos está com a 2ª dose atrasada em MT após...

Casal de idosos está com a 2ª dose atrasada em MT após vacinação com a Coronavac ser suspensa: ‘Preocupados’

Por G1 MT e Centro América FM

O casal Amauri Manera e Cleuza Maria Martins Manera, de 72 e 71 anos, respectivamente, estão com a segunda dose da vacina Coronavac atrasada. Eles tomaram a 1ª dose há 29 dias, mas ainda não receberam a segunda aplicação por falta da vacina em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, onde eles moram.

“Nesse momento de incertezas, estamos muito preocupados. Meu marido ficou muito nervoso. Temos que seguir a vida, precisamos tomar a vacina. O que vem acontecendo é preocupante para todos. Quando você acha que está tudo organizado, vem essa bomba”, disse.

 

O prazo de aplicação da CoronaVac varia entre 14 e 28 dias. Se passar desse período, a orientação é tomar o quanto antes. Segundo o Ministério da Saúde, o atraso não compromete a imunização da população.

Na semana passada, Rondonópolis suspendeu a imunização com a Coronavac após o estoque chegar ao fim. Depois receber um novo lote, na terça-feira (27), a campanha foi retomada. No entanto, o estoque zerou dois dias depois e, nesta quinta-feira (29), a vacinação foi suspensa novamente.

A professora aposentada contou que procurou os pontos de vacinação de Rondonópolis após 21 dias da primeira aplicação, mas foi informada que não tinha mais doses.

Quando recebeu a informação de que havia chegado um novo lote, na última terça-feira, ela e o marido voltaram a procurar os pontos de vacinação, mas não conseguiram concluir a imunização.

“Fomos às 5h30 e tinha bastante gente já. Não pudemos tomar (a vacina), porque falaram que ainda não tinha completado 28 dias, então voltamos pra casa. Foi muita confusão. Ninguém avisou que era só para quem tinha 28 dias. Acho que faltou organização aqui no município”, ressaltou.

A aplicação da segunda dose em Cleuza e Amauri foi agendada para esta quinta-feira (29), mesmo dia em que o estoque do município chegou ao fim.

“O secretário disse que quem tomasse a primeira dose, a segunda estava garantida, então a gente ficou tranquilo, mas agora não sabemos como nosso corpo vai reagir. Estamos com muito medo, porque a imunidade da gente cai”, ressaltou.

 

A Prefeitura de Rondonópolis informou, em nota, que a vacinação da segunda dose com a Coronavac está temporariamente suspensa. Só a vacina Astrazeneca está sendo aplicada até que chegue as doses do outro imunizante.

Ainda segundo o município, a suspensão da vacinação não causa prejuízos à população, considerando que grande parte das aplicações previstas até dia 30 foram feitas de forma antecipada no decorrer do mês.

De acordo com o município, 3.275 pessoas estão com a 2ª dose atrasada. Até agora Rondonópolis aplicou 42.708 doses no total, sendo 31.228 como primeira dose e 11.480 como segunda.

A princípio, segundo a Secretaria de Saúde do município, não vai ser feito o reagendamento das pessoas com a vacina atrasada. A nova data vai ser marcada apenas quando as novas doses chegarem.

Nova remessa

 

Mato Grosso recebeu um novo lote de vacinas contra a Covid-19 nesta quinta-feira (29). Nesta nova remessa, o Ministério da Saúde enviou 76.850 unidades das vacinas para a imunização dos grupos prioritários da campanha.

No entanto, apenas 1,6 mil doses são da CoronaVac, o que é considerado um número baixo diante do cenário de estoques zerados dos municípios do estado. Outras 75.250 doses são do imunizante AstraZeneca.

Estoques zerados em MT

 

Além de Rondonópolis, Barra do Garças e Sinop enfrentam a falta de doses da vacina Coronavac. Nesta quinta-feira, os municípios também suspenderam a campanha.

A expectativa é que a vacinação seja retomada na próxima semana, após a chegada de novas remessas.

Os pacientes devem ser procurados pelos servidores da Secretaria Municipal de Saúde para o reagendamento.

Barra do Garças aplicou 12.016 doses, sendo 8.681 como primeira dose e 3.335 como segunda. Já Sinop aplicou 61.625 no total. Como primeira dose foram 43.932 aplicações e como segunda 17.693.

Além das cidades de Mato Grosso, cidades de ao menos 18 estados suspenderam a aplicação da 2ª dose da CoronaVac por falta de imunizante nesta semana.

CoronaVac

Neste mês, entretanto, houve atraso na entrega da CoronaVac e de parte dos imunizantes por conta de problemas na entrega do princípio ativo.

Nesta quarta, o Butantan anunciou que antecipará para a próxima sexta (30) a entrega de 600 mil novas doses de CoronaVac ao Ministério da Saúde. A nova remessa faz parte do primeiro contrato firmado com o governo federal para o fornecimento de 46 milhões de doses, que inicialmente estava previsto para ser completamente entregue em 30 de abril.

Até o dia 19 de abril, o Butantan entregou ao Ministério da Saúde 41,4 milhões de doses da CoronaVac. Com o nove lote de sexta, serão 42 milhões.

Ainda faltam, portanto, 4 milhões de doses do primeiro contrato, que devem ser entregues em maio.


Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

POLÍCIA
Morador de Lucas do Rio Verde cai em golpe e tem prejuízo de mais de R$ 25 mil
maio 14, 2021
SAÚDE
Lucas do Rio Verde é 2º na classificação regional e sobe para 41º no ranking estadual em vacinação contra Covid-19
maio 14, 2021