30.4 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 22 setembro, 2021
InícioCENÁRIO AGROAviação Agrícola ajudando índios do Médio Xingu a produzir mel orgânico

Aviação Agrícola ajudando índios do Médio Xingu a produzir mel orgânico

Por Cenário MT

Aldeia indígena localizada no Parque Nacional do Xingu, no município de Feliz Natal (MT), está capacitando os índios para a produção de mel orgânico. A iniciativa se deu através da parceria AVIAÇÃO AGRÍCOLA e APICULTURA, que teve origem em Sorriso (MT) e visa à produção de mel de forma sustentável, aliada as boas práticas agrícolas.

O curso está sendo ministrado no Polo Pavuru (Médio Xingu) pela professora Clarice Saueressig, criadora do método ‘Recuo’ (processo de extração do mel das colmeias de forma menos invasiva e deixando as abelhas menos agressivas).

O Polo Pavuru está em uma área que possui mais de 500 mil hectares de mata nativa de excelência qualidade para a produção de mel orgânico. O mel orgânico possui valor agregado, pois é produzido em locais isolados de granjas, lavouras e criação de animais.

A maior parte desse tipo de mel produzido no Brasil é exportada para a Europa.

A realização do curso foi possível graças ao apoio do prefeito de Feliz Natal, Toni Dubiela; presidente da Câmara Municipal, vereador Manoel Nazario, com empenho do cacique Awa Kaiabi e cacique Taffarel (Dr° em Ciências Ambientais e entusiasta da apicultura na aldeia).

A aviação agrícola, por meio do piloto agrícola, Antônio Carlos da Silva, ou ‘Comandante Antônio’ como é conhecido na região, está apoiando a iniciativa.

Cacique Awa Kaiabi acompanhado do piloto agrícola, Antônio Carlos.

“A ideia é que os indígenas tenham uma renda extra com a venda do mel orgânico e tenha também para a própria alimentação. Nós fomos muito bem recepcionados pelos cacique Awa e cacique Taffarel e estamos felizes com o entusiasmo dos nossos irmãos indígenas em produzirem o mel orgânico”, comentou o Comandante Antônio Carlos.

Prefeito de Feliz Natal, Toni Dubiela, Cacique Taffarel e Comandante Antônio Carlos.

Em seu curso, a professora Clarice Saueressig ensina além do método ‘Recuo’, técnicas de manejo das colmeias para evitar o ataque de pragas e doenças que podem exterminar os enxames. O resultado será uma boa produtividade de mel.

A aldeia possuiu um projeto de produção de mel e que agora, passa por aprimoramento com as técnicas ofertadas pela professora Clarice, que ficará por 12 dias. A Aviação Agrícola patrocinou o curso.

A Secretaria de Estado de Agricultura Familiar de Mato Grosso (SEAF), por meio do Secretário Silvano Amaral, fez o repasse de algumas caixas para a realização do curso. A prefeitura de Feliz Natal, está dando o suporte logístico e apoio para realização e continuação do projeto de apicultura.

João Ricardohttps://www.cenariomt.com.br
Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo sobre a região norte de Mato Grosso.

Redes sociais

107,337FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,036SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

PROCURA-SE
Adolescente residente em Lucas do Rio Verde segue desaparecida: menor que ‘foi localizada’ também havia saído de casa
setembro 22, 2021
FIQUE ATENTO
Prova pra seleção de conciliador da Justiça de Lucas do Rio Verde será no domingo (26)
setembro 22, 2021
Mato Grosso
“1ª Ferrovia Estadual será da indústria, do comércio e de todo mato-grossense”, destaca Carlos Fávaro
setembro 21, 2021
Mato Grosso
"Vai ter mais serviço, mais renda, tudo vai se encaixar aqui", afirma morador de Lucas do Rio Verde com a 1ª Ferrovia Estadual
setembro 21, 2021