Após morte de grávida e bebê por Covid em Lucas do Rio Verde, marido relata dor: ‘Me sinto sem chão’

0
Foto: Reprodução/Facebook

A gestante Jhenyfer Rodrigues, de 29 anos, e seu bebê de seis meses, que ainda estava em seu ventre, morreram vítimas da covid-19, no sábado (4), em Lucas do Rio Verde. A vítima não tinha nenhuma comorbidade e era saudável. ()

O marido de Jhenyfer, Adenilso Gomes contou que a esposa foi internada no dia 16 de junho, e no dia seguinte ele foi transferida para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital São Lucas. Ao site RepórterMT da capital do estado, Adenilso desabafou a dor de ter perdido a sua família.

“No momento eu me sinto sem chão. Não consigo acreditar, estou com a esperança que ela ainda vai voltar para casa, mas a realidade chega e o pranto rola”, contou.

Ele ainda pede que as pessoas da cidade se cuidem e tenham consciência, para que isso acabe logo, e não passe pelo mesmo que ele, que perdeu sua família.

No dia 17, ela chegou a fazer uma postagem no perfil do seu Facebook, no qual ela chama atenção para a dor que é viver essa doença, na qual sua família te assiste de longe e não pode nem dar um abraço.

“Hora de conversar com a família, não pode abraçar, não pode se despedir, somente a lembrança. A lembrança de tudo que você fez e viveu com seus familiares e amigos. Entenda a importância de estar em quarentena, se você tem a oportunidade de ficar em casa, fique”, escreveu Jhenyfer.

A vítima deixa marido, e quatro filhos do seu casamento anterior.

 

 

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (10/08/2020)


Amazonia 03 de Junho