Alunos de MT criam site de turismo voltado a pessoas com deficiência e conquistam vaga em conferência nos EUA

0
Foto: Junior Achievement/Divulgação

Estudantes da Escola Estadual Presidente Médici, em Cuiabá, conquistaram uma vaga no Brazil Conference 2020, em Boston, nos Estados Unidos, após criarem um site de turismo e eventos culturais voltado para pessoas com deficiência. Os cinco alunos do 2º ano do curso técnico de informática ganharam a viagem para o evento, em abril do ano que vem.

A equipe ‘FEAMM’ – nome que surgiu da junção das primeiras letras dos nomes dos estudantes Fernando Massao Rother Mizuta, Enzo Castilho Ventura, Arthur Santiago Figueiredo, Mateus Ferreira da Silva, Matheus Torres de Brito -, foi a vencedora da etapa nacional do “Desafio Tack Brasil + Inovation Camp 2019”.

A etapa aconteceu no último sábado (30), no Tack Festival, de inovação, tecnologia e criatividade, realizado anualmente no Rio de Janeiro.

No desafio, os alunos tiveram que desenvolver algo que colaborasse com a acessibilidade à cultura.

Eles concorreram com alunos dos institutos federais do Maranhão (IFMA), de São Paulo (IFSP), de Santa Catarina (IFSC) e do Tocantins (IFTO).

A ideia surgiu da reflexão sobre as dificuldades que Pessoas Com Deficiência (PCDs) enfrentam quanto à acessibilidade.

“Percebemos que é um mercado não atendido e todos têm alguém na família nessa situação. Meu avô, por exemplo, já está há nove anos com metade do corpo paralisado por conta de um AVC”, conta Enzo Castilho.

Os alunos trocaram ideias e resolveram desenvolver uma plataforma. Posteriormente, a partir do site, deve ser criado um aplicativo que mostra o roteiro turístico completo para PCDs em municípios de Mato Grosso.

“Trabalhamos inicialmente com Chapada dos Guimarães, depois Bonito (MS) e Pirenópolis (GO) que também são locais turísticos que dispõem de acessibilidade”, disse.

Os alunos desenvolveram uma plataforma de busca semelhante a sites que mostram os melhores preços de hotéis em várias operadoras.

Segundo o último censo demográfico do IBGE, 45 milhões de brasileiros sofrem de algum tipo de deficiência física e, em todo o Brasil, apenas 4,7%, das calçadas são acessíveis para pessoas com deficiência física.

“Nas pesquisas que fizemos descobrimos que é um público muito grande que não é atendido”, observa Matheus Torres.

Agora os alunos irão selecionar outros pontos turísticos do interior do país – focando Mato Grosso – que são poucos conhecidos, mas com acessibilidade.

“Foi bom porque concorremos com escolas federais e particulares e vencemos. Fomos a única estadual. Isso é demais”, celebrou Matheus Ferreira.

A diretora Elina Padilha Fernandes contou estar orgulhosa dos alunos e destacou a importância de os dar oportunidades. “Os alunos têm muitas ideias, inúmeros planos. O que falta é uma assessoria, é organizar essas ideias. Fiquei muito orgulhosa ao ser informada de que os alunos do nosso colégio venceram um evento nacional. Foi demais”, comemorou.

A longa caminhada até a conquista do prêmio.

Inicialmente os alunos participaram da Feira do Conhecimento realizada na própria escola. A Secretaria de Estado de Ciências e Tecnologia e Inovação (Seciteci) gostou dos trabalhos e sugeriu que fizessem um curso com a empresa Junior Achievement, organização de referência em empreendedorismo.

“A Júnior nos forneceu 50 vagas para um curso intensivo de 12 horas no Pantanal Shopping. A equipe saiu na frente e foi vencedora do desafio Tack Brasil, etapa local. A partir daí, foram mais duas etapas: regional Centro-Oeste e a Nacional. Foram só vitórias”, assinala a professora Alexandra Mazei Silva, que fez a ligação entre os alunos e a empresa Júnior.

O objetivo do curso, segundo Bety Tichauer, diretora superintendente da empresa Junior Achievement Brasil, é preparar os alunos para o mercado e ensiná-los a transformar problemas em oportunidades. “A gente tira o jovem de uma posição de vítima e os mostramos que eles podem ser os protagonistas, buscando soluções mais criativas para resolver seus problemas. Nosso propósito é dar à eles as ferramentas necessárias para eles colocarem suas ideias em prática”, explicou.

Até lá, o grupo aperfeiçoará a plataforma que ainda não está liberada para consulta.

Brazil Conference 2020

O Brasil Conference 2020 é um evento anual, organizado pela comunidade brasileira de estudantes na região de Boston, desde 2015.

Realizado nas duas universidades que dão nome à conferência, Harvard e Massachusetts Institute of Technology (MIT), tem como objetivo promover o debate entre líderes e representantes da diversidade nacional e internacional, sobre os mais variados temas envolvendo o Brasil.

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (12/08/2020)


Amazonia 03 de Junho