Advogado é preso após se masturbar na frente da filha de 9 anos em Mato Grosso

0

Um advogado de 51 anos foi preso suspeito de se masturbar na frente da filha dele, de 9 anos, em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. A prisão foi feita no sábado (14) depois que uma testemunha gravou um vídeo do crime e mostrou as imagens à polícia.

Segundo a polícia, não será arbitrada fiança ao suspeito, pois há requisitos necessários para a decretação da prisão preventiva.

Ele foi preso com base no Artigo 218-A do Código Penal, o qual estabelece que é crime “praticar, na presença de alguém menor de 14 anos, ou induzi-lo a presenciar, conjunção carnal ou outro ato libidinoso, a fim de satisfazer lascívia própria ou de outrem”. A pena de prisão pode ser de até quatro anos.

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (03/08/2020)


Amazonia 03 de Junho