O Governo de Mato Grosso, por meio das secretarias de Meio Ambiente e Segurança Pública, esclarece que a atuação do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA/PMMT) ocorrida em 28 de julho no município de Novo Mundo para desarticulação de garimpo ilegal seguiu os dispositivos legais vigentes, incluindo a notificação recomendatória do Ministério Público Estadual através da Portaria n. 001/2020/PJEDAOU – SIMP n. 000033-095/2020.

A ação conduzida pelos policiais militares restringiu-se a inutilização dos maquinários que não puderam ser removidos do local onde foram constatadas as ilegalidades. Em nenhum momento foram destruídas roupas, acessórios ou comida.

Durante a ação, foram apreendidos uma espingarda calibre 20 com 15 munições intactas, uma retroescavadeira PC esteira JS 220 JCB, dois motores Mercedes 366, um motor Tobata 140, um motor b8 Jamar, um motor Mercedes 364 e uma motosserra stihl 66. O porte dos maquinários e robustez dos equipamentos demonstra que os crimes eram praticados com alto investimento financeiro.

Os danos ambientais foram constatados por imagens da Plataforma de Monitoramento da Cobertura Vegetal, que utiliza imagens dos satélites Planet e confirmados pelos policiais na vistoria in loco. Toda a ação foi registrada e fotografada pelos agentes e os autos podem ser acessados pela sociedade para averiguação dos fatos.

O Governo de Mato Grosso reitera seu compromisso com a repressão aos crimes ambientais e desmatamento ilegal zero.

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (05/08/2020)


Amazonia 03 de Junho