17.7 C
Lucas do Rio Verde
sexta-feira, 18 junho, 2021
InícioFutebol ao vivoNotícias do FlamengoFlamengo emite nota de repúdio a jornalista após acusações

Flamengo emite nota de repúdio a jornalista após acusações

Por Lucas Rosendo

O Flamengo emitiu uma nova oficial repudiando a publicação do jornalista Ascânio Seleme, colunista do jornal “O Globo”, que acusou o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, de ser bolsonarista, é partidário e desconhecedor da postura necessária para um dirigente.

Na nota, o Mais Querido repudiou declarações do jornalista, que foram feitas depois do clube acertar um contrato de patrocínio com a empresa varejista Havan, do empresário Luciano Hang, um dos maiores apoiadores do presidente. Confira a nota abaixo:


--Continua depois da publicidade--

Foto: Reprodução

“Vergonha, Ascânio

O senhor Ascânio Seleme, em sua coluna no jornal O GLOBO deste sábado, afirma que “o presidente do Flamengo é um bolsonarista” e que isto o faz “mergulhar em um poço fundo e mal cheiroso.

Infelizmente, o posicionamento partidário do Sr. Ascânio não permite que ele tenha o mínimo de discernimento sobre qual deve ser a postura de um dirigente de uma instituição como o Clube de Regatas do Flamengo.


--Continua depois da publicidade--

O Flamengo, assim como fazem os demais clubes, tem sim que se relacionar com as autoridades governamentais e administrativas, para colocar suas posições e defender os interesses do clube e do futebol brasileiro. Isto faz parte do papel institucional do seu presidente, independentemente dos partidos aos quais estas autoridades pertençam. Infelizmente, a postura sempre panfletária, dogmática e parcial do Sr. Ascânio não permite que ele consiga enxergar isso.

No que diz respeito ao patrocínio da empresa Havan para a manga da camisa do futebol profissional, vale o registro de que esta é uma empresa nacional, uma das maiores do varejo no Brasil, com mais de 30 anos no mercado, e que dá emprego hoje para, aproximadamente, 20 mil pessoas. Vale notar ainda que a Havan também patrocina outros clubes no Brasil, além do Flamengo.

O Flamengo é plural e, ao contrário do colunista, seu presidente considera que seria absurdo discriminar a empresa em função das convicções pessoais de seu controlador. Aliás, recentemente, não fez isso em relação a outra empresa que hoje é patrocinadora do clube e tem em seu controlador um conhecido crítico do Governo Federal.

O contrato que estamos firmando com a Havan é bem positivo para o Flamengo e trará mais uma receita importante para podermos manter nossa prática de pagar em dia a todos nossos funcionários e fornecedores, além de fazer os investimentos necessários para manter a qualidade de nossos esportes, que tantas alegrias têm dado para os mais de 42 milhões de rubro-negros.

Tanto é positivo o contrato que o mesmo está sendo confirmado por maioria esmagadora dos membros do Conselho Deliberativo do Clube.

Quanto à torcida no estádio, o colunista parece desconhecer que foi a própria Prefeitura do Rio, através de decreto publicado no início da semana, que abriu esta possibilidade, ao liberar a presença de público em shows e eventos. E, diga-se de passagem, em locais confinados e não abertos como um estádio de futebol. Com base nisto, a FERJ, e não o Flamengo, sugeriu que o jogo da final do campeonato fosse realizado com um público restrito e controlado.

A prefeitura ficou de analisar e ontem informou que não será autorizado. O Flamengo, como sempre, respeita a posição das autoridades sanitárias.

Vivemos em uma democracia e lamentamos a intolerância sob qualquer aspecto. O Brasil precisa mais do que nunca ser como o Flamengo: inclusivo, sem discriminações, unido e vencedor”.


--Continua depois da publicidade--

Lucas Rosendohttps://www.cenariomt.com.br/futebol-ao-vivo/noticias-do-flamengo/
Jornalista rubro-negro, escreve diariamente para o portal CenárioMT tudo sobre o Flamengo: Jogos, contratações, treinos, bastidores, rumores, opinião, entre outros assuntos do dia a dia do clube.
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

SEM ACORDO
Reunião pode por fim a impasse envolvendo produtores e indústria de abate de frango em Lucas
junho 18, 2021
LUTO
Lucas do Rio Verde chega a 163 óbitos por Covid-19
junho 18, 2021