Facincani afirma que “Ceni só supera Jorge Jesus se for campeão mundial pelo Flamengo”

Fonte: Lucas Rosendo

Rogério Ceni
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O momento vivido pelo técnico Rogério Ceni no Flamengo gera discussões e debates entre torcedores e comentaristas de futebol e muita discussão é gerada entre defesas e acusações de futebol ruim apresentado.

[Continua depois da Publicidade]

Durante o programa “Bate-Bola Debate”, os comentaristas debateram o trabalho de Ceni no Flamengo e para Felipe Facincani, o treinador só vai superar Jorge Jesus caso vença um mundial de clubes comandando o Flamengo.

– Bom, em termos de título sim, o torcedor passa a ter um respeito maior, de fato o cara nos surpreendeu. A questão toda é que o time “Flamengo do Jorge Jesus” tinha um encaixe que esse time “Flamengo do Rogério” ainda não tem, e é isso que me causa dúvida do quanto o Flamengo vai chegar nesses objetivos ainda, por mais que tenha a total condição de ganhar todos, seja o Brasileirão, a Copa do Brasil e a própria Libertadores – iniciou o comentarista.

[-Patrocinado-]
51266231262 fbebdfd141 c
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

– Mas existia uma sinergia e um ajuste, principalmente, tático, técnico do time do Jorge Jesus que esse Flamengo não tem. O do Jorge Jesus sofria muito pouco gol, era um time muito mais bem encaixado nesse setor, até pelas peças vivendo seus melhores momentos, em relação a essas. Então o Rogério vai precisar reencontrar esse equilíbrio, ainda mais agora perdendo um jogador que era um cerebral daquele sistema de 2019 que era o Gerson – acrescentou o jornalista.

[Continua depois da Publicidade]
[Continua depois da Publicidade]

– Vai passar muito pela muito pela limitação que, pra mim, o Rogério ainda tem, na evolução do trabalho dele tem muitas coisas a engrandecer, e ele é um cara muito capaz de melhorá-las mas, nesse momento, tá esbarrando num certo limite, que talvez o Jorge Jesus já tivesse passado desse limite quando pega o Flamengo – continuou.

– Tanto é que ele vêm do futebol europeu num “viés de baixa”, se recupera de uma forma meteórica no Flamengo tanto que ele é impulsionado de volta ao Benfica (POR), então são coisas que a experiência da vida traz. Mas agora, superar o Jorge Jesus só se ele for campeão do mundo, aí é um outro nível que o Flamengo ainda tem um chãozinho de volta pra se reorganizar nessa trajetória – concluiu Felippe Facincani.

Jornalista, escreve diariamente para o portal CenárioMT, atua nas categorias de Jogos, receitas, astrologia e opinião. Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do CenárioMT produzindo conteúdo de alta qualidade aos nossos leitores.