26.6 C
Lucas do Rio Verde
quarta-feira, 02 dezembro, 2020
Início ESPORTES Primo do lateral Marcelo revelado pelo Fluminense, Ramon entra na Justiça e...

Primo do lateral Marcelo revelado pelo Fluminense, Ramon entra na Justiça e cobra R$ 234 mil do clube

Por GLOBOESPORTE.COM

Após Alan Fialho e Mateus Norton, outro jogador cria de Xerém entrou na Justiça contra o Fluminense: o atacante Ramon, de 21 anos. O jovem, que é primo do lateral-esquerdo Marcelo do Real Madrid, da Espanha, também revelado pelo Tricolor, moveu uma ação contra o clube com uma cobrança de R$ 233.856,89 entre salários e férias atrasadas, FGTS, multas e honorários advocatícios. A informação foi divulgada pelo jornal “O Dia” e confirmada.

Atualmente no FC Ryukyu, do Japão, Ramon assinou o seu primeiro contrato com o Fluminense em outubro de 2014 e ficou vinculado ao clube até janeiro de 2020, quando as partes rescindiram amigavelmente – o clube manteve 40% dos direitos econômicos do jovem, que havia feito apenas um jogo como profissional, em 2018. O processo foi movido pelo advogado do jogador, Neimar Quesada, no Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região, no Rio de Janeiro.

Veja o que Ramon cobra do Flu:

  • R$ 72.200,00 de seis meses de salários atrasados (janeiro de 2017, janeiro de 2018, janeiro de 2019, novembro de 2019, dezembro de 2019 e janeiro de 2020);
  • R$ 52.000,00 de quatro anos de férias atrasadas ou pagas após o prazo (2010/2015, 2016/2017, 2018/2019 e 2019/2020), acrescida do terço constitucional;
  • R$ 32.496,00 de não recolhimento de FGTS (dezembro de 2016, janeiro de 2017, março de 2017, janeiro de 2020, além de 13º salários e férias);
  • R$9.705,21 de multa de 20% sobre o FGTS;
  • R$ 24.952,61 de multa prevista no art. 467 da CLT;
  • R$ 12.000,00 de multa prevista no art. 477 da CLT;
  • R$ 30.503,07 de honorários advocatícios no percentual de 15% sobre o valor total.

Só este ano o Fluminense já foi alvo de ações de ex-jogadores do clube na Justiça brasileira, como por exemplo Giovanni, Kayque, Lucas, Júlio César, Claudio Aquino e Mateus Gonçalves, além de Mateus Norton e Alan Fialho. Somados, só esses processos giram em torno de R$ 8 milhões, fora outros movidos pela Fifa ou por clubes, empresários e ex-patrocinadores.



Dayelle Ribeirohttps://www.cenariomt.com.br
Redatora do portal CenárioMT
- Publicidade -

Últimas

Homem reage a assalto e atira no suspeito do crime, em Mato Grosso

Uma equipe da 14ª Companhia de Força Tática de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) identificou o homem e a mulher que tentaram assaltar uma...

Secretário de Saúde é avaliado por equipe médica especializada; reinfecção não é confirmada

O Governo de Mato Grosso esclarece que o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, está sendo avaliado por uma equipe médica especializada e que,...

Mato Grosso registra nove mortes e 814 novos casos da Covid-19

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (02.12), 160.540 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, foram registrados...

Idosos casados há 57 anos morrem de Covid-19 no mesmo dia em São Paulo

Um casal de idosos que estava juntos há 57 anos morreu com Covid-19 em Taubaté (SP). Eles estavam internados há 15 dias com a...
Publicidade
x