26.4 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 23 setembro, 2021
InícioESPORTESOlimpíada: revezamento 4x200 metros termina final em oitavo lugar

Olimpíada: revezamento 4×200 metros termina final em oitavo lugar

Jovem quarteto briga pela sexta posição na maior parte do tempo, mas cai de produção no fim. Favoritos, britânicos vencem prova seguidos por russos e australianos.
Por Lincoln Chaves - Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional - São Paulo

O Brasil terminou a final do revezamento 4×200 metros (m) estilo livre da Olimpíada de Tóquio (Japão) na oitava, e última, posição. A prova foi realizada nesta quarta-feira (28) no Centro Aquático da capital japonesa. O jovem quarteto formado por Fernando Scheffer, Murilo Sartori, Breno Correia e Luiz Altamir cravou o tempo de 7min8s22, quase meio segundo acima da marca feita na eliminatória, que também rendeu a eles o oitavo lugar.


--Continua depois da publicidade--

A Grã-Bretanha, com Thomas Dean, James Guy, Matthew Richards e Duncan Scott, levou a medalha de ouro, finalizando a prova em 6min58s58. O resultado confirmou o favoritismo dos britânicos. Na última segunda-feira (27), Dean venceu os 200 m livres, com Scott em segundo e o brasileiro Scheffer em terceiro. A equipe do Comitê Olímpico Russo ficou com a prata no revezamento, enquanto a Austrália foi bronze.

Scheffer, de 23 anos, foi justamente quem abriu o revezamento brasileiro. Nas três primeiras viradas, o medalhista de bronze manteve o Brasil na segunda posição, mas perdeu força e finalizou os primeiros 200 m em sexto, com 1min45s93. Sartori, 19 anos, pulou na piscina em seguida e começou mal a prova, chegando a cair para último, mas reagiu e retomou a sexta colocação, marcando 1min46s09.

Na sequência, Correia, 22 anos, fez 1min48s11 e manteve o quarteto na sexta posição. Último a cair na água, Altamir, 25 anos, cravou 1min48s09 e não impediu que os nadadores de Suíça e Alemanha, quase três segundos mais rápidos, fizessem a ultrapassagem na reta final.

“A gente sempre quer mais, somos muito competitivos e vamos sonhar com o máximo. Mas temos que ter o pé no chão e saber que temos que avançar um passo de cada vez. Somos uma equipe muito nova, com muito a evoluir ainda. É saber avaliar os pontos positivos, melhorar os negativos. Nossa Olimpíada acabou, mas tem muita coisa pela frente”, afirmou Scheffer após a prova.


--Continua depois da publicidade--

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Redes sociais

107,334FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,037SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Show Safra 2022
Prefeitura participa de lançamento do Show Safra 2022
setembro 22, 2021
Lucas do Rio Verde
Equipe de karatê de Lucas do Rio Verde conquista segunda colocação em competição nacional
setembro 22, 2021
TOP 4 NACIONAL
Cercado de expectativa, Show Safra 2022 é lançado em Lucas do Rio Verde
setembro 22, 2021
PROCURA-SE
Adolescente residente em Lucas do Rio Verde segue desaparecida: menor que ‘foi localizada’ também havia saído de casa
setembro 22, 2021