Joia do Inter revela espanto por treinos com ídolos D’Ale e Cuesta: “Jogava no videogame”

0
Foto: Ricardo Duarte / Internacional

“Meu nome é Vinicius, tenho 16 e sou lateral-direito de origem”. Caçula entre os três garotos promovidos por Eduardo Coudet na última semana, Vinicius Tobias tem de se apresentar ao torcedor colorado até mesmo na entrevista ao canal oficial do Inter. E diz viver o “sonho de criança” de treinar ao lado de ídolos no CT do Parque Gigante.

O jovem já desperta interesse de Bayern de Munique e Real Madrid. Mas ainda se mantém incrédulo com a oportunidade de treinar ao lado de D’Alessandro e Víctor Cuesta, com quem costumava jogar no videogame.

– Uma experiência muito boa. Sonho de qualquer criança de estar vivendo esse momento, atuando no profissional. Tenho muitos ídolos com quem eu jogava no videogame. D’Alessandro, Cuesta. Espero treinar muito forte e me manter no profissional – afirma o jovem.

Vinicius chegou ao Inter com 12 anos, passou pelas categorias sub-12, sub-13 e sub-14 antes de saltar etapas em sua evolução: foi direto do sub-17 ao elenco profissional. A timidez ainda impera nos primeiros dias de treinos, mas o garoto confia no entrosamento com os novos companheiros.

– No começo é difícil de chegar neles. Mas com o passar do tempo, a gente pode virar amigo e ser muito feliz com eles – diz, antes de apresentar suas credenciais para isso. – Já atuei como atacante e meia. Sou um jogador de muita velocidade, uma boa fuga seja por dentro ou por fora do campo. E sou bom marcador.

Leia também: Resultado das loterias de hoje (23/09/2020)


Amazonia 03 de Junho