Flamengo aumenta investimento e adiciona medidas de segurança ao protocolo dos jogos fora do Rio

0
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

O Flamengo fará nesta quarta-feira, contra o Atlético-GO, em Goiânia, seu primeiro jogo fora de casa no Brasileiro. Por causa da pandemia do coronavírus, algumas medidas de segurança serão adicionadas ao já elogiado protocolo de viagens desenvolvido em 2019.

O investimento do clube vai aumentar, mas é visto como necessário para dar a segurança adequada ao time. Na primeira rodada, houve o exemplo do Goiás, que no dia da partida contra o São Paulo tomou conhecimento de que nove jogadores estavam infectados. O jogo precisou ser adiado.

O técnico Domènec Torrent ficou bastante impressionado com a estrutura montada pelo Flamengo para o Brasileiro, e foi comparada por ele a dos grandes da Europa. O catalão ficou satisfeito especialmente com a notícia de que todos os voos serão fretados, algo que é visto atualmente também como um atrativo na hora de contratar reforços de peso.

No dia a dia, o processo de montagem da logística é coordenado pelo supervisor Gabriel Skinner, com auxílio de Marcio Santos.

O protocolo do Fla para jogos fora do Rio:

  • Todos os voos serão feitos em aviões fretados, algo que já havia virado rotina após a conturbada viagem para Salvador para enfrentar o Bahia, no Brasileiro 2019. Agora, o clube fechou uma parceria com a empresa Azul, e as aeronaves vão ficar à disposição da delegação durante toda viagem.

Um exemplo: contra o Atlético-GO, o avião fica parado em Goiânia e será o mesmo utilizado para a ida dos jogadores para o Paraná, onde, sábado, o Flamengo enfrenta o Coritiba.

Os embarques e desembarques seguem por áreas privadas dos aeroportos. Em muitos casos os jogadores descem do avião ainda na pista e já entram no ônibus. Mesmo padrão utilizado pela seleção brasileira.

  • O clube levará uma máquina de testes rápidos para Covid, que custou R$ 100 mil, para todos os lugares. Todas as pessoas que precisem ter algum contato com os atletas serão testadas.

Um exemplo: se um cabeleireiro for ao hotel atender um jogador, será testado antes de chegar ao andar da delegação. Cada teste custa cerca de R$ 250.

Leia também: Resultado das loterias de hoje (22/09/2020)


Amazonia 03 de Junho