Fábio, do Cruzeiro, diz que teve sondagem do Corinthians em 2012; diretor da época nega

0
Foto: Gustavo Aleixo / Cruzeiro

Ídolo do Cruzeiro, Fábio falou em entrevista no início do mês sobre uma sondagem que ele teria recebido do Corinthians há cerca de oito anos. Em papo no canal “Desimpedidos”, o goleiro citou o Timão como um dos que tentaram tirá-lo do clube mineiro durante a sua trajetória.

– Fui procurado por muitos clubes do Brasil, quase todos os grandes. Tive uma sondagem antes de o Cássio entrar. Era o Julio Cesar, mas iam testar o Cássio ainda, que já estava lá e ninguém tinha dado oportunidade. Foi muito bom para o Cássio, que se firmou e está aí fazendo história até hoje.

GloboEsporte.com procurou Roberto de Andrade, que era diretor de futebol na época, para falar sobre a sondagem. Presidente do Timão entre 2015 e 2017, ele negou a busca pela contratação.

– Nunca falamos de Fábio, não sei de onde ele tirou. Às vezes é conversa de empresário, mas ele é um ótimo goleiro – elogiou Roberto.

Na época, de fato, a imprensa chegou a noticiar essa possibilidade. Uma reportagem do jornal “Lance” de novembro de 2011, antes chegada de Cássio ao clube alvinegro, apontava Fábio como um dos favoritos da diretoria para substituir Julio Cesar, que seria campeão brasileiro dias depois como titular.

Julio tinha sofrido algumas falhas na temporada, como na final do Paulistão contra o Santos e diante do América-MG, pelo Brasileirão. A publicação dizia que o goleiro passava por uma “fritura” interna.

Empresário de Fábio, Eduardo Kupermann disse na ocasião que foi procurado por um terceiro para falar sobre o Corinthians.

– Fui procurado por um empresário que se disse representante do Corinthians. Por isso, não considero que fui procurado oficialmente. O Fábio tem um salário bom no clube, tem um contrato renovado (até a metade de 2016) não faz muito tempo, então não seria uma negociação fácil. Se houvesse um interesse, seria uma honra para o Fábio, que admira e respeita o Corinthians. Ele veria com bons olhos.

De qualquer forma, não houve negócio. Julio Cesar começou 2012 como titular, mas perdeu a condição após as falhas na derrota por 3 a 2 para a Ponte Preta, nas quartas de final do Paulistão.

Cássio assumiu o gol diante do Emelec, do Equador, na Libertadores, e se tornou ídolo da torcida.

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (10/08/2020)


Amazonia 03 de Junho