26.4 C
Lucas do Rio Verde
quinta-feira, 23 setembro, 2021
InícioESPORTESEvelyn e Petrúcio serão porta-bandeiras do Brasil na Paralimpíada

Evelyn e Petrúcio serão porta-bandeiras do Brasil na Paralimpíada

Os multicampeões Evelyn Oliveira (bocha) e Petrúcio Ferreira (atletismo) desfilarão com a bandeira verde e amarela na cerimônia de abertura dos Jogos Paralimpícos, daqui a oito dias, em Tóquio.
Por Agência Brasil - Rio de Janeiro

Os porta-bandeiras do Brasil na cerimônia de abertura da Paralimpíada de Tóquio (Japão) serão os medalhistas Petrúcio Ferreira (atletismo) e Evelyn Oliveira (bocha). Eles representarão a delegação nacional composta por 260 atletas (164 homens e 96 mulheres) no desfile do evento,  programado para o próximo dia 24, às 8h (horário de Brasília), no Estádio Nacional do Japão. 

Multicampeões,  Petrúcio e Evelyn conquistaram medalha de ouro na Rio 2016, no atletismo e na bocha, respectivamente, as duas modalidades que mais subiram ao pódio pelo país na história dos Jogos, segundo o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).


--Continua depois da publicidade--

Velocista da classe T47 (amputados de braço), o paraibano Petrúcio coleciona dois ouros no Parapan de Toronto (Canadá) em 2015 nos 100 metros e 200m. Na Rio 2016, além do ouro nos 100m, ele faturou duas pratas: nos 400m e no revezamento 4x100m.

“Na minha segunda edição de Jogos e já ter essa honra. Fica difícil descrever do tamanho da alegria, representar toda uma nação, todos os atletas, e todo o Movimento Paralímpico e para as pessoas com deficiência. Seria ainda mais legal se tivesse público [no estádio], mas é um privilégio só estar lá com a bandeira do nosso país, fico sem palavras”, afirmou Petrúcio, em depoimento ao CPB.

Estreante na Rio 2016, a paulista Evelyn de Oliveira faturou o ouro para o país nas duplas mistas na bocha classe BC3 (deficiência muito severa), com Evani Soares e Antonio Leme. Antes, a atleta já conquistara o ouro no individual e nos pares dos Jogos Parapan-Americanos de Lima (Peru em 2019, e o ouro nos pares na Copa América de Montreal (Canadá), em 2015.

“Para mim, uma honra muito grande poder representar todos os atletas. Estava no jantar quando fui chamada para receber o convite. Na hora, até pensei que tinha cometido algum erro. Não esperava participar sequer da abertura dos Jogos”, completou a atleta da classe BC3 da bocha.

No desfile da delegação brasileira, Petrúcio e Evelyn estarão acompanhados por Ana Carolina Alves, técnica da classe BC4 da bocha e staff, além do de Alberto Martins,  diretor técnico do CPB. omitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Gustavo Praiadohttps://www.cenariomt.com.br
Atualmente, trabalha na equipe do portal CenárioMT, produzindo conteúdo sobre economia, esportes e direitos da população brasileira, gosta de assistir séries, filmes de ação e de videogames. Editor também em conteúdos regionais, sempre atento as tendências que o internauta procura para ficar bem informado.

Redes sociais

107,334FãsCurtir
17,057SeguidoresSeguir
2,037SeguidoresSeguir

Lucas do Rio Verde

Show Safra 2022
Prefeitura participa de lançamento do Show Safra 2022
setembro 22, 2021
Lucas do Rio Verde
Equipe de karatê de Lucas do Rio Verde conquista segunda colocação em competição nacional
setembro 22, 2021
TOP 4 NACIONAL
Cercado de expectativa, Show Safra 2022 é lançado em Lucas do Rio Verde
setembro 22, 2021
PROCURA-SE
Adolescente residente em Lucas do Rio Verde segue desaparecida: menor que ‘foi localizada’ também havia saído de casa
setembro 22, 2021