21.3 C
Lucas do Rio Verde
sábado, 06 março, 2021
Início ESPORTES Em busca de índice olímpico, Núbia Soares retorna aos treinos

Em busca de índice olímpico, Núbia Soares retorna aos treinos

Triplista brasileira faz parte da equipe do Barcelona desde 2018
Por Juliano Justo - Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional - São Paulo

 

Desde o início de junho, a rotina da brasileira Núbia Soares, atleta de salto triplo, está praticamente normalizada. Integrante da equipe do Barcelona, ela reside na pequena cidade espanhola de Guadalajara e aos poucos retoma o ritmo de treinos anterior à pandemia do novo coronavírus (covid-19) em busca do maior objetivo, alcançar a marca de 14,32m (índice olímpico para a prova do salto triplo nos Jogos de Tóquio).


--Continua depois da publicidade--

Em junho de 2019 Núbia saltou 14,28 m, em Huelva (Espanha). “Fiquei pertinho. Estava planejando seguir competindo na temporada outdoor e conseguir a marca. Só que veio a pandemia e interrompeu a temporada. Mas tudo bem. Falta pouco”, disse a atleta mineira à Agência Brasil.

Só que as marcas voltam a valer para a corrida olímpica apenas em dezembro. Até lá, ela não descarta participar de algumas provas menores na Europa: “Se tiver eventos confirmados por aqui, gostaria de participar. Seria melhor. Mas como tenho o compromisso importante com a busca do índice, não posso começar o trabalho de base muito tarde”.

Depois, ela não descarta até mesmo uma vinda ao Brasil: “No final do ano vai ter GP Brasil e depois do Troféu Brasil. Acredito que vou participar apenas do GP. Depende de como as coisas vão ficar até lá. O certo é que, em 2021, vou fazer a temporada europeia indoor. Vai dar tudo certo. É só manter a calma e treinar”.

Em relação aos treinos, ela planeja também algumas mudanças. “Uma coisa que estou planejando alterar é a quantidade de passadas na minha corrida. Estou usando 15, mas queria diminuir para 13. Estou achando meu lançado um pouco longo, tenho que otimizar um pouco mais minha corrida”, planeja a brasileira, que está no atletismo há oito anos e participou dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro em 2016. Além disso, ela é recordista brasileira da prova, com a marca de 14m69cm, obtida em Soteville (França), em 17 de julho de 2018.


--Continua depois da publicidade--

Edição: Fábio Lisboa



© CenárioMThttps://www.cenariomt.com.br
CenárioMT - Publicamos notícias diariamente no portal!
- Publicidade -

Últimas no CenárioMT

Lucas do Rio Verde

FLEXIBILIZAÇÃO
Prefeito Miguel Vaz vê benefícios com flexibilização, mas alerta sobre cuidados preventivos
março 05, 2021
SEGUE NA UTI
Lucas: Familiares mantêm confiança na recuperação de homem vítima de tentativa de homicídio
março 05, 2021