Dorival Junior é diagnosticado com Covid-19 e não comanda o Athletico contra o Santos

0

O técnico do Athletico, Dorival Junior, foi diagnosticado com Covid-19. Ele já está em isolamento. Com isso, o treinador de 58 anos não viaja para Santos, onde o Athletico enfrenta o Peixe pela terceira rodada do Brasileirão. A partida está marcada para 19h45 de domingo, na Vila Belmiro.

Além da idade (58 anos), Dorival exige atenção especial porque ele teve câncer de próstata no ano passado – o técnico precisou passar por uma cirurgia para a retirada do câncer e ficou afastado do futebol em 2019.

Antes de Dorival Junior, o Athletico teve outros casos de coronavírus. Portanto, no final de junho, por exemplo, oito profissionais foram diagnosticados com Covid-19. Na semana seguinte, o clube teve mais seis casos. E, no início de agosto, o Furacão teve o 15° caso.

Porém, sem Dorival, o Athletico defende a liderança do Brasileirão depois de duas vitórias (2 a 0 sobre Fortaleza e 2 a 1 sobre Goiás). Além disso, o Rubro-Negro tenta manter o embalo após oito jogos de invencibilidade e quatro vitórias seguidas na temporada.

O Athletico ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso, mas, segundo a repórter Nadja Mauad, o auxiliar Lucas Silvestre (filho de Dorival) é quem vai comandar o Athletico na Vila Belmiro.

Com a chance de poupar jogadores, um provável Athletico tem Santos; Khellven, Thiago Heleno, Lucas Halter (Felipe Aguilar) e Abner; Wellington, Richard (Léo Cittadini) e Marquinhos Gabriel; Nikão (Geuvânio), Vitinho e Vinícius Mingotti (Carlos Eduardo).

Anderson Daronco (RS) apita, com Rafael da Silva Alves (RS) e Michael Stanislau (RS) nas bandeiras. Jean Pierre Goncalves Lima (RS) será o responsável pelo VAR.

Leia também: Resultado das loterias de hoje (27/09/2020)


Amazonia 03 de Junho