Cruzeiro x Palmeiras se enfrentam nesta tarde pelo Brasileirão

0

Sob comando do técnico interino Andrey Lopes, o Palmeiras treinou na manhã deste sábado (07), na Academia de Futebol, visando a última partida da temporada 2019, contra o Cruzeiro, neste domingo (08), no Mineirão, em Belo Horizonte.

O comandante alviverde organizou um trabalho tático e definiu a equipe que irá encarar o time mineiro. No último jogo, contra o Goiás, também com Andrey Lopes no banco de reservas, o Verdão venceu por 5 a 1.

Campeão brasileiro em 2016, vice em 2017 e campeão novamente em 2018, o Palmeiras busca terminar o atual competição na segunda colocação e, com isso, atingir um feito inédito na história do clube e que não acontece há mais de 50 anos: a única vez que um time conseguiu ser campeão ou vice brasileiro por pelo quatro temporadas seguidas foi entre 1961 e 1966, quando o Santos, de Pelé, ganhou os cinco primeiros torneios e ficou em segundo no último ano da sequência. Atualmente, o Verdão é o terceiro colocado com os mesmos 71 pontos do vice-líder Santos. Palmeiras e Santos, com 10 e oito títulos, respectivamente, são os maiores campeões da história do Campeonato Brasileiro.

Já garantido na Copa Libertadores de 2020, o Palmeiras é o time brasileiro recordista de participações na competição sul-americana ao lado de Grêmio e São Paulo – será a 20ª vez que os três clubes irão disputar o torneio. Além disso, pela primeira vez em sua história, o Alviverde irá disputar a Libertadores pelo quinto ano seguido – o recorde já era do atual período, com quatro participações desde 2016.

MELHOR DEFESA DO BRASIL EM 2019

O Palmeiras é o time da Série A que menos sofreu gols durante toda a temporada 2019 (sem contar amistosos): foi vazado 44 vezes até aqui em 67 jogos, seguido do São Paulo, com 46 sofridos em 59 partidas. O Alviverde ainda detém a menor média de gols sofridos (0,66 contra 0,72 do Grêmio) e o segundo maior índice de jogos sem ser vazado (não sofreu gol em 52,24% de seus jogos, atrás só do Grêmio, com 52,78% de suas partidas). As estatísticas são do FutDados e estão atualizadas até o dia 06/12.

2º APROVEITAMENTO DO BRASIL EM 2019

Com 38 vitórias, 19 empates e 10 derrotas em 67 jogos na temporada (sem contar amistosos), o Palmeiras é o clube da Série A com o segundo melhor aproveitamento de pontos em 2019: 66,2%, atrás apenas do Flamengo, com 75,1% – o Rubro-Negro possui 48 vitórias, 16 empates e 7 derrotas em 71 jogos. O Verdão, aliás, o segundo time que menos perdeu em 2019. As estatísticas são do FutDados e estão atualizadas até o dia 06/12.

2º QUE MENOS PASSOU EM BRANCO NO BRASIL EM 2019

Dos 67 jogos disputados pelo Palmeiras na temporada de 2019 (sem contar amistosos), o clube marcou gol em 83,58% de suas partidas, atrás somente do Flamengo, com 88,73%. Desses 67 embates, em 56 duelos a equipe alviverde balançou a rede pelo menos uma vez, enquanto ficou sem marcar em apenas 11 ocasiões. As estatísticas são do FutDados e estão atualizadas até o dia 06/12.

TIME COM MAIS LANÇAMENTOS CERTOS NO BRASILEIRÃO 2019

Um total de 529 bolas foram lançadas por um palmeirense e recebidas por seu companheiro de equipe com sucesso, o que torna o Alviverde o top 1 neste fundamento, seguido do Corinthians, com 501 lançamentos corretos. Os dados estão atualizados até o fechamento da 37ª rodada.

TIME QUE MAIS SOFREU FALTAS NO BRASILEIRÃO 2019

O Verdão é o time mais perseguido do Brasileirão de 2019. Os jogadores palmeirenses, juntos, sofreram 606 faltas. Neste quesito, seguido do Maior Campeão do Brasil está o Vasco: o time carioca foi parado 589 vezes. Os dados estão atualizados até o fechamento da 37ª rodada.

DADOS DA EQUIPE

NÚMEROS GERAIS NA TEMPORADA
J: 68
V: 38
E: 19
D: 11
GP: 104
GC: 46

NÚMEROS SÓ NO BRASILEIRO
J: 37
V: 20
E: 11
D: 6
GP: 59
GC: 32

NÚMEROS SÓ NA LIBERTADORES
J: 10
V: 7
E: 1
D: 2
GP: 21
GC: 5

NÚMEROS SÓ NA COPA DO BRASIL
J: 4
V: 3
E: 0
D: 1
GP: 4
GC: 1

NÚMEROS SÓ NO PAULISTA
J: 16
V: 8
E: 7
D: 1
GP: 19
GC: 6

NÚMEROS SÓ AMISTOSOS
J: 1
V: 0
E: 0
D: 1
GP: 1
GC: 2

DADOS DO ELENCO
Mais jogos em 2019:
Dudu (64)
Mais minutos em 2019: Dudu (5659)
Mais gols em 2019: Gustavo Scarpa (13), Dudu (12); Bruno Henrique (10); Deyverson e L. Adriano (8); F. Melo, Zé Rafael e Borja (6), B. Henrique e R. Veiga (5), R. Goulart, Willian e G. Gómez (4), M. Rocha (3), Moisés, Gabriel Veron e Hyoran (2), Luan, Mayke, F. Pires, Edu Dracena, C. Eduardo, A. Cabral, Lucas Lima, Matheus Fernandes e Thiago Santos (1).
Mais assistências em 2019: Dudu (18); Marcos Rocha (8); Gustavo Scarpa (7); Gustavo Scarpa (5); Hyoran, D. Barbosa e B. Henrique, Zé Rafael e Lucas Lima (4), Ricardo Goulart, Moisés e Deyverson (3), Borja e Mayke (2); Willian, Edu Dracena, Raphael Veiga, Luan, Felipe Melo, Jean, Gabriel Veron e Luiz Adriano (1).

Mais jogos no Brasileiro: Dudu (35)
Mais minutos no Brasileiro: Dudu (4175)
Mais gols no Brasileiro: Bruno Henrique (9); Dudu (8); Luiz Adriano (6); Deyverson (5); Gustavo Scarpa, Zé Rafael e Willian (4); R. Veiga e F. Melo (3); G. Gómez, Gabriel Veron e M. Rocha (2); Thiago Santos, Lucas Lima, Borja, Matheus Fernandes e Hyoran (1).
Mais assistências no Brasileiro: Dudu (11); Zé Rafael (5); Marcos Rocha, Lucas Lima e Gustavo Scarpa (4); Hyoran, Diogo Barbosa e Deyverson (2); Willian, Raphael Veiga, Borja, Bruno Henrique, Felipe Melo, Gabriel Veron e Jean e Luiz Adriano (1)

Mais jogos na Libertadores: Dudu, G. Gómez e Weverton (10)
Mais minutos na Libertadores: G. Gómez (963)
Mais gols na Libertadores: G. Scarpa (6); Borja, Dudu, Deyverson e F. Melo (2); M. Rocha, R. Goulart, Hyoran, G. Gómez, Moisés, Raphael Veiga e Luiz Adriano (1)
Mais assistências na Libertadores: Dudu (3); Ricardo Goulart, G. Scarpa, Hyoran e Marcos Rocha (2); Bruno Henrique, Borja, Luan, Moisés e Diogo Barbosa (1)

Mais jogos na Copa do Brasil: Felipe Melo, Lucas Lima e Dudu (4 jogos)
Mais minutos na Copa do Brasil: Felipe Melo (255)
Mais gols na Copa do Brasil: Zé Rafael (2)
Mais assistências na Copa do Brasil: Dudu, Mayke e Bruno Henrique (1)

Mais jogos no Paulista: Dudu e Bruno Henrique (14)
Mais minutos no Paulista: Dudu (1222)
Mais gols no Paulista: Borja, R. Goulart e G. Scarpa (3)
Mais assistências no Paulista: Dudu e Moisés (2); Diogo Barbosa, Gustavo Scarpa, Mayke, R. Goulart, Felipe Pires, Marcos Rocha, Deyverson, Bruno Henrique e Edu Dracena (1)
OBS: Uma das assistências de Dudu foi para o gol de Edu Dracena no amistoso contra o Guarani, vencido pelo time campineiro por 2 a 1.

GABRIEL VERON: 2º ATLETA MAIS NOVO A FAZER GOL NA HISTÓRIA DO PALMEIRAS

Gabriel Veron viveu uma noite de gala na noite da última quinta-feira (05), na goleada por 5 a 1 sobre o Goiás, pela 37ª rodada do Brasileirão, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP). Apenas em seu segundo jogo como profissional na carreira, a cria da base palmeirense de apenas 17 anos entrou aos 11 minutos do segundo tempo no lugar de Zé Rafael e, em pouco mais de 30 minutos, marcou dois gols e concedeu uma assistência, para Dudu.

Com 17 anos, três meses e dois dias, Veron se tornou o segundo jogador mais novo da história a fazer gol pelo Palmeiras, superando Mazzola, que havia balançado as redes também em seu segundo jogo, em 1956, com 17 anos, seis meses e cinco dias – o recordista é Juliano, que marcou aos 16 anos, 11 meses e 23 dias no dia 19/08/1998, contra o Nacional-URU, pela Copa Mercosul.

TRAJETÓRIA DE GABRIEL VERON NA BASE: DO SUB-15 AOS TÍTULOS MUNDIAIS

No Palmeiras desde 2017, quando chegou para atuar no time Sub-15, Gabriel Veron conquistou títulos por todas as categorias que passou no clube. Veloz, habilidoso e forte fisicamente, ele despontou como um dos destaques do time no Mundial Sub-17 conquistado em 2018 diante do Real Madrid, na Espanha (inclusive sangrando-se artilheiro, com nove gols, e sendo eleito melhor jogador da competição). Neste ano, além do bi mundial na Espanha com o Palmeiras, conquistou a Copa do Mundo Sub-17 pela Seleção Brasileira em novembro passado e recebeu a Bola de Ouro como melhor jogador do torneio.

Além do Mundial de Clubes Sub-17 (2018 e 2019), Veron já foi campeão pelo Palmeiras da Premier Cup Sub-15 (2017), Paulista Sub-17 (2018), Copa RS Sub-20 (2018), Copa do Brasil Sub-17 (2019), Copa do Brasil Sub-20 (2019) e Campeonato Paulista Sub-20 (2019).

EDU DRACENA: DESPEDIDA DO FUTEBOL E SÉRIE DE INVENCIBILIDADE

Sinônimo de experiência na zaga, Edu Dracena, de 38 anos, anunciou na última quarta-feira (04) que irá pendurar as chuteiras ao final da temporada. O jogador foi o capitão do time na noite da última quinta-feira (05), no duelo que pode ter marcado sua despedida do futebol, diante do Goiás, no Brinco de Ouro da Princesa (estádio onde o zagueiro começou a carreira, em 1999, quando defendia o Guarani). O camisa 3 do Verdão ostenta atualmente um retrospecto de 26 partidas sem derrota em jogos válidos por competições oficiais: são 16 vitórias e 10 empates já contando este duelo contra o Goiás.

Agora com 128 jogos e três gols desde que chegou ao Verdão, em 2016, o jogador – campeão brasileiro pelo Alviverde em 2016 e 2018 – está entre os 10 de zagueiros que mais atuaram pelo Maior Campeão do Brasil no Século XXI, atualmente na 8ª posição, isolado. O líder deste ranking é o defensor Maurício Ramos, que atuou em 192 jogos entre 2009 e 2013).

DUDU ALCANÇA RIVALDO NO RANKING DOS MAIORES ARTILHEIROS DO CLUBE

Autor de dois gols na vitória por 5 a 1 da última quinta-feira (05) sobre o Goiás, Dudu chegou a 67 bolas na rede desde que foi contratado pelo Palmeiras, em 2015, e igualou o ídolo Rivaldo na 32ª posição do ranking dos maiores artilheiros da história do Verdão – o camisa 7 já é o maior goleador do time no século com 13 a mais do que o segundo colocado, Vágner Love. O próximo alvo de Dudu nessa lista é o ponta-esquerda Nei, com 70 gols nos anos 70, enquanto o líder é Heitor Marcelino Domingues, com 317 gols, entre 1916 e 1931.

DUDU: JOGADOR DE LINHA COM MAIS PARTIDAS E VITÓRIAS NO SÉCULO

Com 292 partidas, Dudu é o segundo jogador que mais entrou em campo pelo Palmeiras no século XXI – está atrás apenas do goleiro Marcos, com 392 – e o 34º que mais vestiu a camisa palmeirense na história. O próximo alvo é o zagueiro Carnera, 33º da lista com 295 jogos.

Já no número de vitórias, com 167 no total, ocupa o segundo posto no século XXI (somente atrás do goleiro Marcos, com 182) e o 31º no geral, ao lado de Alfredo Mostarda e César Maluco. Este ranking é liderado por Ademir da Guia, com incríveis 514 triunfos entre os anos 60 e 70.

DUDU: LÍDER EM CRUZAMENTOS CERTOS NO BRASILEIRÃO 2019

Se coletivamente o Palmeiras é um dos times que mais cruza certo no Campeonato Brasileiro (3º colocado, com 209), seus jogadores, individualmente, não ficam para trás. O atacante Dudu é o top 1 no ranking, ao lado do santista Carlos Sánchez, com 68 investidas. Os dados estão atualizados até o fechamento da 37ª rodada.

DUDU: 2º JOGADOR COM MAIS ASSISTÊNCIAS NO BRASILEIRÃO 2019

Dudu se destaca também pelas assistências: ele é o segundo maior garçom do Brasileirão 2019, com 11 passes para gol, atrás apenas do meia De Arrascaeta, do Flamengo, com 14. Os dados são do Footstats e estão atualizados até o fechamento da 37ª rodada.

DUDU: 3º JOGADOR COM MAIS DRIBLES CERTOS NO BRASILEIRÃO 2019

Além de gols, das assistências e dos cruzamentos, outro quesito em que Dudu tem bom desempenho é o drible. O camisa 7 do Verdão aplicou 55 fintas certas sobre seus adversários no certame nacional até aqui, sendo o terceiro que mais driblou, atrás apenas de Soteldo, meia do Santos, com 60, e de Michael, atacante do Goiás, com 70. Os dados são do Footstats e estão atualizados até o fechamento da 37ª rodada.

MARCOS ROCHA: LÍDER EM DESARMES NO BRASILEIRÃO 2019

Levando em conta apenas desarmes certos (ou seja, quando um jogador rouba a bola de seu adversário e a pelota continua sob posse de seu time), o camisa 2 do Alviverde é o líder isolado dentre os jogadores que mais atravancaram jogadas rivais, com 99 desarmes, enquanto o ala-esquerdo Diogo Barbosa aparece na 3ª posição com 80, também isolado. Gregore, volante do Bahia, é o segundo colocado, com 96 lances coibidos. Os dados estão atualizados até o fechamento da 37ª rodada.

ANDREY LOPES: TÉCNICO INTERINO

Membro da comissão técnica fixa do Palmeiras, o auxiliar Andrey Lopes estreou com pé direito no comando do Verdão, conduzindo o time na goleada sobre o Goiás por 5 a 1. Andrey, aliás, está no clube desde 2017 – o profissional também já passou pela Seleção Brasileira, entre 2014 e 2016, quando foi assistente de Dunga no comando da equipe nacional.

ALÉM DISSO…
>>> Fernando Prass irá completar 275 jogos pelo Palmeiras se atuar diante do Cruzeiro
>>> Deyverson irá completar 105 jogos pelo Palmeiras se atuar diante do Cruzeiro

HISTÓRICO: PALMEIRAS X CRUZEIRO (RETROSPECTO GERAL)

Este será o 97º duelo entre as equipes. O retrospecto é equilibrado: 33 vitórias do Alviverde contra 35 triunfos cruzeirenses, além de outros 28 empates (142 gols a favor do Maior Campeão do Brasil e 136 do time mineiro).

HISTÓRICO: PALMEIRAS X CRUZEIRO (NO BRASILEIRÃO)

Se o retrospecto geral entre as equipes aponta equilíbrio, no Brasileirão não é diferente. São 20 vitórias do Verdão contra 24 da Raposa, além de outros 19 empates em 63 encontros (foram 82 gols a favor do Maior Campeão do Brasil e 85 do time mineiro).

HISTÓRICO: PALMEIRAS X CRUZEIRO (MAIOR GOLEADA)

A maior goleada do Palmeiras sobre o Cruzeiro em seu estádio aconteceu dia 22 de outubro de 1999, quando os donos da casa venceram por 7 a 3, com tentos anotados por Paulo Nunes (2), Evair (2), Euller (2) e Alex.

HISTÓRICO: PALMEIRAS X CRUZEIRO (1º JOGO)

O primeiro jogador a balançar as redes do Cruzeiro (à época chamado Palestra Italia) foi o atacante Heitor, que também é o maior artilheiro da história alviverde em todos os tempos, com 317 gols em 360 jogos – o fato ocorreu em 1930, logo no primeiro embate entre as duas equipes (curiosamente, o Palmeiras também era denominado Palestra Italia naquele período). Já o maior artilheiro pelo lado esmeraldino apenas em jogos diante do Cruzeiro é o atacante Paulo Nunes, que vazou o adversário em oito oportunidades na década de 90.

Leia também: Previsões para o horóscopo do dia de hoje (12/08/2020)


Amazonia 03 de Junho